NEM PASSOS, NEM O FMI!

Que não haja enganos: derrotar este governo e manter em vigência o memorando de entendimento é enganarmo-nos para daqui a 6 meses estarmos a lamentar a nossa sorte. A dinâmica de luta que por estes dias se está a criar, terá o apoio de muitos oportunistas que verão no desgaste do Governo, a possibilidade de voltarem a servir as suas clientelas e de prosseguirem, ainda que de outra forma, os ataques aos trabalhadores.

A Troika pode muito bem tentar sacudir a àgua do capote, com receio de se ver implicada numa nova Grécia, mas não pode enjeitar as duras responsabilidades que tem na presente condição da esmagadora maioria dos portugueses.

Dia 15 e dia 29, lá estaremos, para que o Governo caia e para que a Troika se vá embora!

 

 

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 Responses to NEM PASSOS, NEM O FMI!

Os comentários estão fechados.