Perigosos tempos os que vivemos

Um homem foi detido para identificação no Porto, após fotografar um carro estacionado no passeio que estava ao serviço do ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, noticia a TVI.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a Perigosos tempos os que vivemos

  1. Diogo diz:

    Isto significa apenas que temos de começar todos a fotografar-lhes os carros, as casas, os «conhecidos», e apontar os passeios que dão, com quem se encontram, durante quanto tempo e a que horas.

    Estes indivíduos são criminosos e é como tal que devem ser tratados.

    Se a procuradoria está a soldo deles, temos de ser nós a fazer o papel de CIS Portugal.

  2. Antónimo diz:

    A parte mais curiosas, como se lembra no insurgrente, onde fui dar por acaso, é que o texto diz que o carro está lá sempre Às segundas e sextas e que a sociedade é avençada do metro do porto

Os comentários estão fechados.