Associação de Defesa dos Humanos com Vida de Cão: quem quer militar nesta?

Ou será que preferem a Associação de Luta por Condições Humanas para os Cães?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 respostas a Associação de Defesa dos Humanos com Vida de Cão: quem quer militar nesta?

  1. Amigo dos animais (humanos incluídos) diz:

    A militância nas duas não é incompatível.

  2. Dédé diz:

    Cara Raquel, por mim prefiro ser rico e com saúde, do que pobre e doente.

  3. Nuno André Patrício diz:

    Também não percebo esta guerrinha agora… deixe lá cada um escolher a militância que mais lhe motiva e se forem as duas melhor. Porque raio é que tem que se erguer barricadas nesta agora? No final do dia não estaremos do mesmo lado?

  4. Miriam diz:

    Já em outro post a Raquel comentava “É evidente que as pessoas que fazem dos direitos dos animais uma militância têm um desequilíbrio com os humanos.” Não sei qual é o seu trauma com os bichos, mas veja lá se resolve isso. Não sei porque raio a Raquel acha que tem o direito de destratar e desrespeitar o direito dos outros a fazerem as suas próprias militâncias, como se só as suas militâncias e nos seus moldes sejam válidas. Tal como já várias pessoas lhe disseram em vários posts, defender animais não é sinónimo de atacar pessoas.

    Contudo, se realmente milita em prol de uma melhor sociedade (que acredito que sim) veja lá se começa a contemplar o mundo de uma forma mais alargada….é que não sei se já deu conta mas não andamos cá sozinhos (e até que temos feito muita merda por sinal), e o carácter das pessoas e das sociedades vê-se na forma como se relacionam com os seus pares, com os seus habitats e com todos os elementos e recursos que os compõem.

  5. dizque diz:

    Há uns tempos a Esquerda-FCSH assumiu o seu gosto incondicional pela bola.
    Daqui a nada é cool ser da prótoiro, querem ver?

    Daqui a nada é tudo monarca de Esquerda… já faltou mais.

  6. Anti-animalista diz:

    A Miriam então deve considerar a Alemanha nazi como o expoente do carácter, tendo em conta que tão amigos eram dos animais e da natureza.

Os comentários estão fechados.