O jogo da laranjinha

Eu, que sei tanto de sindicalismo sul africano como do jogo da laranjinha (assim mesmo, para deixar dúvidas sobre os meus conhecimentos de laranjinha), acho perfeitamente lógico e óbvio que o comentário do PCP se baseie nas informações que lhe são prestadas pelas organizações locais com as quais tem relações de solidariedade e camaradagem.
Aliás, também não me parece absurdo este post do Renato, na sequência das suas expectativas goradas, deduzindo entrelinhas não escritas.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

11 Responses to O jogo da laranjinha

  1. Pingback: A laranja de manhã é ouro, à tarde é prata e à noite mata | cinco dias

  2. Pingback: Massagem? Não! Mensagem |

Os comentários estão fechados.