Basta ser sério

Não é preciso ser de esquerda e muito menos revolucionário, basta ser sério. Compare-se esta notícia da Associated Press e do NY Times de hoje sobre o massacre – que fala das condições das minas, de um estudo internacional que denuncia em particular os acidentes naquelas minas de Lonmin onde ocorreu o massacre, das divisões no seio dos sindicatos (um dos sindicatos apoiou a repressão mas ainda não se sabe de que forma ou com que alcance, facto que também é referido aqui) da luta das mulheres, das divisões no ANC pela nacionalização das minas, compare-se tudo isto com a nossa imprensa. A imprensa portuguesa já desceu à categoria de esgoto há muito tempo, evolução que foi acompanhada pela despedimento e «prateleiras» dos nossos melhores jornalistas.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 Responses to Basta ser sério

Os comentários estão fechados.