Em recuo para a barbárie

Um tipo que mata uma pessoa com uma arma pode estar 20 anos preso, mas o que mata uma pessoa com um cão pode estar 2 anos preso. É isso? O que é que isto quer dizer? Que devemos todos ter um cão assassino de crianças, cuspir na cara do vizinho pela manhã, violar o filho e dar porrada na mulher? Alguém se lembra que quando tudo isto começou éramos macacos e que a civilização constrói-se (e impõe-se?).

Foi preciso muito para chegar até aqui, ao dia em que acordamos de manhã, e podemos cantar como o Chico, «a minha casa é de quem entra». Foi preciso aprender a viver com os outros, em harmonia, partilha e bem-estar.

 

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

14 Responses to Em recuo para a barbárie

Os comentários estão fechados.