As negociações fantasma dos submarinos de Paulo Portas

Eu bem sei que Pinto Monteiro deve andar ocupado com a exigente tarefa de desmontar ares condicionados com mais de trinta anos, mas não seria de lhe perguntar o que pensa fazer quanto ao desaparecimento de documentos do negócio dos submarinos?
Será que quando Portas levou para casa as famosas fotocópias também foram, sem querer, os originais?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 Responses to As negociações fantasma dos submarinos de Paulo Portas

Os comentários estão fechados.