The chickenshit should learn something about himself

O jactante Samuel de Paiva Pires devia prestar mais atenção ao desassombrado Nuno Magalhães, sobretudo na hora de considerar “patético” o que quer que seja. Ele sabe, ou devia saber, que o horror do Leste será sempre um paraíso quando comparado com o inferno pinochetista. Se o jovem beato fizer mesmo questão de traduzir balanço em lambadas, não é recomendável que viaje sem realizar um estudo criterioso da história e, consequentemente, do mapa. Embora pudesse ser uma grande oportunidade de self-confrontation, é sabido que, corpo a corpo, o convívio com as “vítimas” prejudica gravemente a saúde dos “criminosos”.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.