Mais pintelhos na plutocracia

O despacho que exclui sete administradores executivos da Caixa Geral de Depósitos (CGD) das limitações remuneratórias aplicáveis ao setor público foi hoje publicado em Diário da República, permitindo-lhes ganhar mais do que o primeiro-ministro.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 respostas a Mais pintelhos na plutocracia

  1. Arnaldo Gama diz:

    Olha, e sobre a promulgação da criminosa lei das rendas pelo presidente, não escreves?
    E sobre a maneira como ele deixou isto avançar, deixando passar o prazo que levava a lei ao tribunal constitucional, passas por cima?
    E a maneira como andam para aí a dizer que os mais desfavorecidos terão direito a ajuda, quando ainda não saiu a legislação necessária que os proteja, estás calado?
    Então, afinal, o que andas aqui a fazer?
    Andas a reinar? Dás uns tiros ao lado? Finges que estás interessado no assunto, quando não estás?

  2. Escreve-se assim? Não é pentelho? O chato (!) é que não vem no dicionário.

  3. Marotona diz:

    Olhe desculpe lá amigo. Vim aqui à net portuguesa só para lamentar um pouquinho porque aqui à minha volta só há camones. Ando mesmo farta deles, mas que hei-de eu fazer… o pilim aí não me chegava. A razão pela qual eu aqui venho meter o bedelho no vosso bloguinho é a tristeza que me dá ver os amaricanos e outros camones a festejarem as medalhas que ganham. Sou a única aqui no grupo que não tem nada a festejar – bem, eu já devia é de estar habituada, pois a situação nunca foi outra. Isto a gente manda uma quantidade de atletas aqui para o estringero e ninguém ganha – com tanta crise, deviam é de ficar todos em casinha a fazer torneios de sueca. Estou mesmo farta de pertencer ao grupo dos loosers, caramba.

Os comentários estão fechados.