POSTAIS DE “BOAS FÉRIAS” DO MSE (3) – Bem hajam!

Caríssima Assunção,
Desejamos-lhe umas férias santas. E olhe, a gente sabe que a fé não deu grande resultado com a chuva, mas não desista. É que, ao contrário da austeridade, a fé ainda funciona de vez em quando. Por isso tenha fé pelos 24.000 novos desempregados que haverá no fim de Agosto.
Beijos,
MSE

À margem da fé da Cristas – que se espera mais eficaz a combater incêndios do que foi a chamar pela chuva e que vá aprimorando a feitiçaria para os efeitos da destruição do milho americano – Pedro Silva Martins anunciou que o desemprego vai começar a cair em 2013. O Secretário de Estado do Emprego revela que desconhece esta deslocalização, este despedimento colectivo e que não leu o relatório da OCDE. Em sentido contrário ao empreendedorismo do governo, Arménio Carlos dá provas de que é capaz de interpretar um sindicalismo que não deixa em mãos alheias os alertas dados pelo MSE.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 respostas a POSTAIS DE “BOAS FÉRIAS” DO MSE (3) – Bem hajam!

  1. Arnaldo Gama diz:

    Infelizmente, não é com cartinhas educadas que vamos lá.
    O balde de merda, os ovos e os tomates podres em cima da ministra dão mais resultado.
    Inacreditável, o vosso blog sobre a promulgação da lei das rendas, nem uma palavra.
    A lei das rendas foi da autoria da Assunção Cristas.
    A tal lei que vai tratar da saúde de muita gente.
    Portanto, não é com cartas e palavras bonitas. É com luta, raiva e sangue.

  2. Arnaldo Gama diz:

    Deves ser proprietário e riquinho para não tratares do tema da promulgação das rendas pelo presidente. Também os há de esquerda.
    Normalmente, como tu, começam na esquerda e acabam na direita.
    Lá te irei encontrar, ó meu grande parvalhão.

Os comentários estão fechados.