ESTADO SEM DIREITO – Ao serviço de quem está a Maria José Morgado e a Procuradoria-Geral da República?

O que se passou no vídeo acima foi arquivado pelo DIAP com o beneplácito da procuradora-geral adjunta Maria José Morgado, num protesto que testemunhou ainda o uso e abuso de agentes policiais com a missão de provocar desacatos, amplamente divulgado no 5dias, na generalidade da rede e na comunicação social.

Ainda sem ser conhecido o resultado da queixa que deu entrada na Procuradoria-Geral da República face ao comprovado uso de agentes provocadores, a justiça dá mais um sinal de que não está ao serviço da lei mas de quem, a cada momento, domina a nomenclatura do poder político.

Se o mesmo conjunto de provas fosse apresentado para provar as agressões a um agente da polícia, alguém tem dúvidas sobre o destino que teria o cidadão?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 Responses to ESTADO SEM DIREITO – Ao serviço de quem está a Maria José Morgado e a Procuradoria-Geral da República?

Os comentários estão fechados.