Quantos ficam e quantos faltam?

Primeiro foi o Reitor a apresentar a demissão, agora os Directores de Ciência Política da Lusófona. Seguem-se os professores, os auxiliares de educação, os funcionários da cantina, os trabalhadores da empresa que garante a limpeza e, claro, os estudantes, todos eles com mais probabilidade de se demitirem ou abandonarem a instituição por causa da licenciatura do Professor Dr. Relvas do que o Professor Dr. Relvas do governo. Aliás, pelo andar da carruagem, mais depressa se demite o Crato.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

7 Responses to Quantos ficam e quantos faltam?

Os comentários estão fechados.