Trilapso do Dr. 2004?

O homem que se entrevista a si próprio e que faz turbo licenciaturas em apenas um ano, afinal já era Dr. quatro anos antes de ser votado Dr.. Esta pérola, descoberta pelo Hugo Bola e divulgada num dos vários grupos criados para investigar, rir e demitir o Dr. Relvas, é mais uma acendalha para o acto de protesto convocado para a próxima segunda-feira, às 19h, em frente ao Parlamento.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

7 respostas a Trilapso do Dr. 2004?

  1. antónimo diz:

    Uma acendalha irrelevante, neste caso tal como nos 800 euros das propinas por pagar à Lusíada. Agora nada há que não sirva parta lhe cascar – que bem merece com secretas, público, helenas rosetas e autarquias.

    Mas dificilmente a plaquinha será responsabilidade sua. Será uma ideia da câmara de Lagoa e Relvas nem terá todo anda a ver com ela. Apenas reflecte o parolismo nacional de querer ser doutor a qualquer custo e onde qualquer burro de gravata passa a doutor. Não deixa de ser um desígnio que Relvas perseguiu, interessado apenas em ter o título e não em estudar, aprender coisas e enriquecer-se intelectualmente.

    No entanto, este caso queima quem não merece ser queimado no seu ímpeto de tudo misturar. Mas conheço gente que está a fazer mestrados – e muito bem- por causa deste tipo de processos, reconheceram-lhes o CV como suficiente para se inscreverem em mestrados. O que aliás já sucedia no passado. Salvo erro, Diana Andringa que nunca completou o curso – de Medicina ou outro – dá ou dava aulas na Escola Superior de Jornalismo. E quem negará que seriam aulas melhores que as de Judite de Sousa na Católica ou de Rodrigues dos Santos na FCSH?

    No caso da dívida, se o gajo nem foi lá, acabou por achar por bem não pagar. Disso devem ter as privadas aos milhares. cada vez mais as públicas. Ainda agora que tantos estudantes desistem de estudar ao longo do ano lectivo quantos milhares deixarão propinas por pagar? Quem os condena?

    • Renato Teixeira diz:

      O facto da ideia ter sido da CM não iliba o Dr. Relvas de ter, na hora da inauguração, rectificado a verdade.

  2. antónimo diz:

    Lana caprina, Renato.

    Não se sabe se rectificou ou não (acho sinceramente que não),

    Não demonstra virtude mas apenas teimosia andar a correr de borracha na mão apagando todas as placas,

    Não é viável andar sempre a corrigir quem nos trata por doutor (Alegre há muito que desistiu e ouvi-o corrigir os entrevistadores em muitas entrevistas),

    É destituído de senso político e institucional interromper uma cerimónia para fazer correcções de placas (ou mesmo aproveitar um à margem para lançar ruído na comunicação que se pretendia passar: está o pessoal todo feliz com a festa e o tipo chama o presidente de parte para lhe dizer uma coisa dessas e o que é que ficará na memória dos presentes na iniciativa?)

    O tipo é um bandalho do pior, mas não por causa de uma placa. Se fosse esse o problema dele só por manifesta falta de sentido das proporções se estaria a falar do assunto.

    • Renato Teixeira diz:

      Naturalmente, mas nesta altura do campeonato cada uma das bandalhices do bandalho são relevantes para generalizar o seu descrédito.

    • um gajo qualquer diz:

      TÁ NA HORA DE SACAR DO CORTA-RELVAS!

      MAS MAIS!!!! TÁ NA HORA DE IR BUSCAR UMA DAQUELAS MÁQUINAS DE FAZER SUMO, PÔR LÁ AS LARANJINHAS TODAS E TRITURAR TUDO!

  3. Hugo diz:

    O novo edifício da Câmara foi inaugurado, a 16 de Janeiro de 2004, pelo Secretário de Estado da Administração Local, Dr. Miguel Relvas acompanhado pelo Governador Civil de Faro, Sr. José Valentim Rosado e pelo Presidente do Município, Dr. José Inácio Marques Eduardo, entre outras personalidades da vida política, publica e privada, que tiveram a oportunidade de, muito de perto, perceberem a verdadeira dimensão e grandeza de um edifício construído de raiz para satisfazer as necessidades, sempre crescentes, inerentes às exigências de administração de um Município essencialmente virado para o turismo e afins, em permanente progresso e modernidade.
    http://www.cm-lagoa.pt/menu/103/pacos-do-concelho.aspx

    (não fui eu quem descobri a foto, chegou-me por email, mas fiz uma pesquisa boleana na net e pude confirmar o facto na fonte; agradeço na mesma e anoto a referência no C.V. para o que der e vier)

Os comentários estão fechados.