Pela enésima vez, uma iniciativa da “alternativa” a que falta um braço da esquerda e abundam muitas pernas da política de direita

Esclarecimento sobre um anunciado congresso

Quarta 27 de Junho de 2012

Face a várias solicitações de diferentes órgãos de comunicação social o PCP julga necessário esclarecer:

A propósito do anúncio de um referido “Congresso democrático das alternativas” têm sido atribuídas ao PCP alegadas posições de “bom acolhimento” ou “demarcação”.

Importa assim sublinhar que: não são possíveis “demarcações” de algo a que se é totalmente alheio e sobre o qual ainda não se tinha pronunciado; como é igualmente absurda qualquer confusão entre uma mera informação para dar a conhecer algo inteiramente já decidido e formatado por terceiros, com um qualquer alegado “bom acolhimento” que só abusivamente pode ser invocado.

Num quadro em que, movidos por uma sincera inquietação com o rumo de desastre do país, alguns se possam sentir atraídos pela iniciativa, o PCP considera necessário desde já registar a sua clara reserva quanto à sua natureza e origem.

O PCP sublinha que qualquer alternativa real – inseparável do desenvolvimento da luta dos trabalhadores e do povo e incompatível com actos sectários e de objectiva marginalização – exige uma clara ruptura com a política de direita e os seus promotores nos últimos 36 anos (e não só com o actual governo) e a rejeição do Pacto de Agressão (e não com um pretendido reajustamento quanto à sua aplicação).

Digo eu: pela a enésima vez, uma iniciativa que se sustenta na mentira, anunciando a “participação do PCP”, quando está à vista, que se fez tudo para isolar o PCP.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

37 Responses to Pela enésima vez, uma iniciativa da “alternativa” a que falta um braço da esquerda e abundam muitas pernas da política de direita

Os comentários estão fechados.