Flagrante promoção de candidato Mexicano pela rede Televisa

Num artigo publicado hoje, o jornal Britânico «The Guardian» apresenta evidências de uma unidade secreta, conhecida como “The Handcock”, dentro da rede de televisão Televisa – a maior emissora em espanhol do mundo – de promoção de Enrique Peña Nieto, candidato do PRI – partido que deteve o poder no México durante 71 anos consecutivos até 2001.

Esta unidade, em operação desde 2009, encomendou videos promovendo o candidato e atacando os seus opositores. O «The Guardian» referiu há 3 semanas a existência de documentos datados de 2005, que provam a venda de cobertura favorável a diversos políticos, incluindo Peña Nieto, e da existência de uma campanha orquestrada pela televisa contra Andrés Manuel López Obrador, o candidato mais próximo de Peña Nieto.

Essas revelações despertaram um conjunto de protestos massivos por todo o México. As eleições presidenciais no México terão lugar este domingo, dia 1 de Julho.

Protesto em Guadalajara, a 10 de Junho, contra a cobertura enviesada da Televisa.

Sobre André Levy

Sou bolseiro de pós-doutoramento em Biologia Evolutiva na Unidade de Investigação em Eco-Etologia do Instituto Superior de Psicologia Aplicada, em Lisboa
Este artigo foi publicado em André Levy, cinco dias, luta dos trabalhadores and tagged , . Bookmark the permalink.