Privatização dos infantários do distrito de Castelo Branco: A posição do PCP

Depois da página no Facebook, que não pára de aumentar, está on-line uma Petição Contra a Privatização e o Despedimento Colectivo nos Infantários da Segurança Social.
Devem assiná-la todos os que se revêem nesta causa e todos aqueles que, mesmo concordando com a causa, recusam que tudo seja feito em cima do joelho. Estamos quase no fim de Junho e ainda ninguém sabe de nada. Nem o Concurso Público foi ainda lançado. Quem vai tomar conta das crianças a 1 de Setembro? O que vão fazer os pais quando não puderem ir trabalhar?
Entretanto, o Partido Comunista já se movimenta depois de uma visita ao distrito da deputada Paula Santos.

«O governo quer privatizar os infantários da segurança social no distrito de Castelo Branco. A denúncia feita ontem em visita ao distrito, por Paula Santos, deputada do PCP na Assembleia da República, depois duma reunião com a delegação regional do Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública.
A deputada comunista garante que vai questionar em breve o Ministério da Segurança Social sobre esta matéria uma vez que se trata duma opção que o PCP considera errada “aquilo que nos foi
transmitido é que esse caminho vai ser seguido do imediato para que a privatização já esteja concretizada no próximo ano lectivo; para nós é uma opção profundamente errada uma vez que o Estado não deveria estar a demitir-se das suas funções mas sim a criar novos espaços para fazer face às solicitações das familias”.
Paula Santos acrescenta que “esta opção de privatização vai agravar ainda mais as dificuldades das famílias que para terem um local onde colocar os seus filhos tem de pagar verbas muito avultadas no sector privado e para além disso vai lançar os trabalhadores dos próprios infantários para situações de mobilidade que não sabemos como se vão processar”.
No distrito são 7 os infantários que funcionam sob a alçada da Segurança Social; dois em Castelo Branco e os restantes funcionam em Alcains, Cebolais, Covilhã, Teixoso e Tortosendo.»

(via Rádio Cova da Beira)

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

3 respostas a Privatização dos infantários do distrito de Castelo Branco: A posição do PCP

  1. De diz:

    Parabéns Ricardo.
    E força

  2. Afonso Costa diz:

    Deputados eleitos pelo Distrito de Castelo Branco: Carlos Henriques da Costa Neves (PSD), Carlos Manuel Faia São Martinho Gomes (PSD), José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa (PS), Fernando Pereira Serrasqueiro (PS). Estarão os deputados eleitos pelo distrito preocupados com a situação? Voltarão as populações a eleger deputados destes partidos? As respostas parecem-me óbvias embora não livres de uma certa carga irónica.

Os comentários estão fechados.