Duas notas sobre a esquerda grega nas eleições de Junho de 2012

PCF

Em cima: “Eles morreram para que a França viva”.
Em baixo e em destaque: “O Partido Comunista Francês – O Partido dos Fuzilados. O Grande Partido do Renascimento Francês”.
Ou de como foi possível utilizar o heroísmo anti-nazi em prol de um objectivo nacionalista de esquerda. A classe operária como o aríete para a reconstrução nacional francesa do pós-guerra.
O “socialismo” seria doravante uma construção nacional e não mais a transformação das relações de trabalho.

Bookmark o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.