GRÉCIA: que os bárbaros germânicos (os novos Hérulos) desapareçam de vez, e com eles a democracia (se não for JUSTA!!, e se não corresponder à vontade geral) Um post telegráfico…

Humildemente, não subscrevo o programa da Syriza (talvez apenas e acima de tudo a nacionalização da banca!). Ainda se fala em empate técnico com a Nova Democracia (18.40h de Lisboa). Agora, espero: espero que se vencer a Nova Democracia, por pouco ou muito que seja, o resultado não seja respeitado por ninguém que sofre, se angustia, passa fome em Atenas e noutras cidades da Grécia, a mais deslumbrante e pilhada das civilizações e sociedades. Espero que o povo grego ocupe as ruas JÁ, não permita os crápulas da ND tomarem o poder, nem tentarem governar/formar governo. A justiça tem de se sobrepor à “democracia”. Nem que seja a ferro e fogo. Perante o “Reich dos Mil Anos” da bestialidade germânica os gregos já nada têm a perder!

Parthenon, por Costa Gavras (foi-me agora enviado pelo J.Onofre)

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , , , . Bookmark the permalink.

13 Responses to GRÉCIA: que os bárbaros germânicos (os novos Hérulos) desapareçam de vez, e com eles a democracia (se não for JUSTA!!, e se não corresponder à vontade geral) Um post telegráfico…

  1. Pingback: Será que Alexis Tsipras é assim tão diferente do que a Ilda Figueiredo? | cinco dias

Os comentários estão fechados.