Futuro

[Imagem «desviada» do Facebook, via Renato Teixeira]

Hoje sou ateniense. Hoje sou grego. Sou tudo e mais alguma coisa, incluindo um cidadão do mundo. Um mundo cada vez mais feio e a precisar de sinais de esperança. Hoje sou SYRIZA, KKE e tudo o que mexa contra estas políticas que nos roubam tudo, incluindo e acima de tudo a dignidade.
Hoje sou grego e quero lá saber do que acontece à Selecção. Perdendo cá continuaremos. Ganhando só nos iludimos e inebriamos por mais alguns dias!
Hoje sou de Atenas e quero acreditar que um outro mundo é possível! É tempo de mandar foder quem só nos tem fodido!
Tenham um bom domingo!

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

4 Respostas a Futuro

  1. Augusto diz:

    Carlos Guedes infelizmente não se pode estar ao lado do KKE e do Syriza, pois o sectarismo, e a cegueira dos seguidores da D. Papariga, estão OBJECTIVAMENTE a fazer o jogo da direita, e por isso estão do lado da barricada, da Lagarde, da Merkel, do Holande, do Juncker, do Financial Times , em suma ao lado de todos aqueles que querem a DERROTA do Syriza.

    Não pode haver quaisquer dúvidas , a actual direcção do KKE, e infelizmente alguns militantes do Partido Comunista Português, estão do lado errado da barricada,

    • Ana Menta diz:

      Do lado errado da barricada? Os anticapitalistas? Não serão aqueles que, volta e meia decidem ser social-democratas que estão do lado errado da barricada?

      Enfim.

  2. Rocha diz:

    Tem razão Carlos Guedes. E razão é uma coisa que ilumina. Razão é uma coisa que deixa ver que é simples o que parecia tão complicado.

    Por outro lado a prosa do Augusto obscurece.

    Hoje eu também quero estar do lado da luz. Haja esperança.

Os comentários estão fechados