RuadaPalma d’Ouro

Nos últimos anos Carvalho da Silva já participou em mais comícios do BE que muitos aderentes.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

18 Responses to RuadaPalma d’Ouro

  1. antónimo diz:

    Mas quem o ouve não o leva preso.

    Já Louçã, às vezes…

    Depois, até Alegre já tenta promover um tal de Jaime Gama como bom candidato a PR.

  2. Baresi88 diz:

    O Salto para o PS ou PSD não é muito grande.

    • Augusto diz:

      Olhe que é …Olhe que é….

      Ou será que a linha sectária do KKE, já começa a ter os seus seguidores em Portugal?

  3. CausasPerdidas diz:

    Meados dos anos 80, Congresso da União dos Sindicatos de Setúbal, Carvalho da Silva faz a intervenção inicial, oiço-lhe “ser dirigente sindical não é um emprego” e eu, delegado, dirigente recentemente eleito, saio-me “tiraste-me as palavras da boca”. Ao meu lado, o presidente do meu sindicato, militante do PCP, que me havia “dado a volta” depois de deitar abaixo a resistência do “eu não abandono o local de trabalho”, vira-se para mim e diz-me com uma ironia bem alentejana “é para que saibas que ao contrário do que dizem nem todos temos palas que não nos deixam ver”.

    Só por curiosidade, em quantas iniciativas do PCP não esteve e devia estar o Carvalho da Silva?

  4. zé neves diz:

    achas que ele não aceitaria se o convidassem para comícios do pcp?

    • Tiago Mota Saraiva diz:

      Zé não estou na cabeça do Carvalho da Silva que, aliás, tenho como alguém de difícil compreensão. Tu crês que aceitaria?

    • jal diz:

      Esta parece-me ser uma discussão estéril e com pouco interesse.
      Mas, ainda assim, não resisto a colocar uma questão: desde quando é que um militante do PCP necessita de ser convidado para ir a um Comício do seu Partido?

      • antónimo diz:

        Ir a um comício ainda é diferente de participar nele. Não desconversemos.

        • sopas diz:

          quem está a desconversar é o antónimo, ou a virar o bico ao prego, a única frase do post é clara:

          “Nos últimos anos Carvalho da Silva já participou em mais comícios do BE que muitos aderentes.”

          das duas uma: ou acha que a generalidade dos aderentes do be intervêm no palanque dos comícios, ou os convidados como oradores não comparecem aos comícios onde deveriam falar.

    • rafael diz:

      ó zé…

  5. mesquita alves diz:

    stasi no seu esplendor

  6. Augusto diz:

    Comicios ou debates ?

    Em muitos deles até o Tiago não poderia ter participado , afinal discutiam-se assuntos que interessavam a TODA a esquerda.

    Ou será que o incomoda, que HOJE o Carvalho da Silva participe numa sessão na Casa do Alentejo, de apoio á Luta do Povo Grego, e em que estarão representantes do Sinn Fine, do Front de Gauche do Die Linke e do Syriza.

  7. Augusto diz:

    Correcção

    Em muitos deles até o Tiago poderia ter participado…..

  8. ricardosantos diz:

    DOR DE COTOVELO?

  9. José Manuel diz:

    As próximas eleições presidenciais irão ocorrer em circunstâncias únicas para lançar uma candidatura da esquerda fora do Centrão com hipóteses de vencer. Vai ser necessário um amplo movimento unitário (repito, Unitário) que corporize essa ideia. E Carvalho da Silva é uma das personalidades que está em melhores condições para corporizar essa plataforma. Seria uma grande miopia política não perceber isto, porque a alternativa seria entregar novamente a disputa presidencial à Direita ou ao Bloco Central.
    Por iso algumas bocas (nem sequer são comentários) que vão surgindo por aqui são demonstrações de profunda miopia política. Colocam dúvidas na capacidade do camrada Carvalho da Silva disputar esta batalha, mas não tiveram dúvidas quando o Partido apoiou gente com um passado tão execrável como Salgado Zenha, Mário Soares ou mesmo Jorge Sampaio?

Os comentários estão fechados.