País Basco: 500 anos de conquista | 500 anos de luta


Há mais de um mês, juntaram-se milhares de independentistas bascos em Iruñea para lembrar a conquista espanhola sobre o Reino de Navarra. O resultado foi este. [Com legendas]

Foi há 500 anos que as tropas bascas foram derrotadas na Batalha de Amaiur. A parte Norte do Reino de Navarra sob ocupação francesa, a parte Sul nas mãos do Reino de Espanha. É ainda esta a realidade 500 anos depois. Pelo caminho, a destruição dos foros, os bombardeamentos nazis sobre Durango e Guernica, a barbárie franquista até 1975 e a guerra suja do terrorismo de um Estado que se diz democrático. É esta a história de um povo que nunca aceitou o destino que lhe quiseram impor.

Nos últimos 50 anos, mais de 10 mil bascos foram torturados às mãos da polícia espanhola. Mais de 1200 foram feridos em acções policiais ou parapoliciais. Desde 1960, 474 foram assassinados por motivos políticos. Estes números que não cabem nas páginas dos nossos jornais destapam a violência a que está submetido um povo a quem lhe proibiram jornais, partidos, organizações juvenis e associações de apoio aos seus 700 presos políticos.

Aurrera bolie.
Borroka da bide bakarra!

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

20 Responses to País Basco: 500 anos de conquista | 500 anos de luta

Os comentários estão fechados.