A LISTA DOS MILITANTES DO PSD FOI DIVULGADA POR DIRIGENTE DO PSD – Miguel Macedo e Matos Rosa mentem (novamente) com quantos dentes têm na boca.

Face à divulgação da lista de cerca de 8 mil militantes do PSD, Miguel Macedo, Ministro da Administração Interna, apressou-se a exortar por uma queixa à justiça e à protecção nacional da comissão de dados: “sempre que este tipo de situações, lamentável, acontece, é evidente que há motivos reforçados para preocupação. Espero que se proceda à investigação desta situação.”

Matos Rosa, fiel ao dono e secretário-geral do PSD, dotado da mesma falta de prudência sublinha que “só a PJ poderá descobrir quem coloca na internet informações pessoais sobre militantes e dirigentes”. 

Ora, um e outro mentem descaradamente.

Duas fontes anónimas, um consultor de segurança e um informático afecto ao PSD, confirmaram o que se passou na verdade e a partir daí fica fácil perceber que as afirmações do Miguel Macedo e do Matos Rosa são falsas, sendo que pretendem simultaneamente esconder a falta de destreza informática de um dirigente do PSD e aproveitar o engano para voltar criminalizar o movimento recorrendo, em reincidência,  a tácticas profundamente anti-democráticas.

Consultor de segurança: “Isto é uma palhaçada. Alguém que tinha a lista excel e colocou-a num dropbox qualquer. Não foi nenhum hack. Não foi nenhuma brecha. Foi um maluco que fez upload do que tinha.”

Informático afecto ao PSD: “Não se tratou de nada de especial. Qualquer gajo que se candidate por Lisboa tem isso. Imagina um laranjinha a dizer ao outro – ‘olha, vou colocar isto online para depois mandares sms’ e pimbas. A lista ate é estranha, ou dito de outra forma, não é lista enviada a quem se candidata mas quem gere as mesas de voto. É o problema do PSD fazer tudo sem algo central.”

A lista da polémica continua online, já está na posse de uma mão cheia de pessoas, nos computadores de todos os editores de política dos meios de comunicação e vai ser estudada com afinco para descobrir quem são os homens e as mulheres atrás da besta. Quantos notáveis têm as quotas em atraso? Quantos independentes serão descobertos? Quantos gestores de PPPs? Quantos boys?* Onde vive afinal quem nos rouba a vida?

Para ajudar a que a vontade não ultrapasse a razão, seria bom o Miguel Macedo e o Matos Rosa, que é como quem diz, o Governo e a direcção do PSD, não aproveitassem a incompetência dos seus para criminalizar terceiros. A divulgação da lista dos militantes deve-se à inépcia informática da São Caetano à Lapa e não a um ataque informático de qualquer espécie, pelo que devem por isso repor a verdade, pedir desculpa e assumir as suas responsabilidades.

*Aguarda-se ansiosamente a publicação do Diário da República com o nome completo do Vítor Pinheiro, o boy escolhido para camuflar o desemprego à frente do programa Impulso Jovem:

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

3 respostas a A LISTA DOS MILITANTES DO PSD FOI DIVULGADA POR DIRIGENTE DO PSD – Miguel Macedo e Matos Rosa mentem (novamente) com quantos dentes têm na boca.

  1. Pingback: One Million Dollar Question | cinco dias

  2. Horácio Santos Lima diz:

    Os militantes do PSD deviam distribuir a lista por email, desse modo evitavam estes problemas todos!

Os comentários estão fechados.