A extrema direita grega

Ilias Kassidiaris, deputado e porta-voz do partido nazi grego Aurora Dourada, lança um copo de água à deputada Rena Dourou (Syriza) e agride a deputada comunista Liana Kanelli (KKE). Terá sido preso. Actualizado: Está em fuga.
(fonte)

Actualização (Bruno Carvalho): A deputada do Syriza refere que o deputado nazi está acusado de violência e assalto à mão armada. Ele atira-lhe um copo de água à cara e a deputada comunista chama-lhe fascista. Ele agride-a. Ela enfrenta-o.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

86 Responses to A extrema direita grega

    • Augusto diz:

      O Blogue de noticias Resistir nem sempre é para levar a sério, por exemplo este comentário que refere do Miguel Queirós, é pura propaganda sectária.

      O debate a sério na esquerda grega, e na esquerda europeia em geral, não deve cair nesta visão sectária e obtusa da politica, dos puros, do partido das ideias justas, dos únicos combatentes do avanço do fascismo ( comentário do Rocha) , etc etc etc.

      Aquilo que neste momento se joga nas eleições gregas, e que o KKE se recusa ver, é talvez o primeiro passo para travar o neoliberalismo triunfante na Europa, e o primeiro travão a sério as ditames das Troikas .

      • CD diz:

        Isso é mais uma atoarda do que outra coisa com substância.
        Como se vai trava o neoliberalismo, as troikas ou o diretório da UE, sem colocar em causa essas estruturas. Mudá-las? torná-las mais dóceis? mais humanas?
        Participar na gestão económica e administrativa do capitalismo é a ambição do Syriza pelos vistos com muitos adeptos em Portugal.

      • João Valente Aguiar diz:

        Pela primeira vez na vida o Augusto escreve alguma coisa acertada na caixa de comentários do 5dias.

        • Rocha diz:

          Primeira vez que eu vejo o Jọo Valente Aguiar a colocar-se explicitamente na ala direita do PCP Рlembro-me bem das tuas aventuras esquerdistas.

          Camarada: quem te viu e quem te vê?

          • Justiniano diz:

            Calma Rocha, que ainda não é tudo!! Depois de, ali o JVA, acabar o estudo da teoria monetária de Friedman é que vai fôr!! Vai abraçar o Kant e mandar o Marx às malvas!! Mas alguém explique o sacrfício ao JVA (e alguém que explique ao JVA que seguindo um padrão ouro é indiferente que a moeda se chame euro, escudo, farelo…)!! É apenas mais um que quer que tudo mude para que tudo fique igual!! E ainda bem, digo eu!!

          • João Valente Aguiar diz:

            Luis, os mestres da dialéctica como tu e o texto do Miguel Queirós são assim: conseguem colocar ideologicamente uma via nacionalista e defensora de um capitalismo de estado à esquerda do internacionalismo e a política da terra queimada à frente da avaliação da situação concreta. Se não fosse trágico o caminho que defendem, a coisa até daria para rir… Enfim

          • Clint Eastwood diz:

            “Ala direita do PCP”??? Eu pensava que já tinha ouvido de tudo… 🙂

          • Rocha diz:

            Que raio de internacionalismo é esse que defende a permanência nos blocos imperialistas?

            Que raio de internacionalismo não rompe com a União Europeia para antes procurar “renegociar” os termos como faz o Syriza?

            Que raio de internacionalismo procura permanecer na zona euro? Alguma vez o euro vai ser emitido por alguém mais que a aberração capitalista que é Banco Central Europeu? Sabes perfeitamente que não….

            Problemas imediatos? Queres mais imediato que dizer um não rotundo a todas as imposições e a todas as renegociações que pedincham sob ameaças que ou se paga ao capital financeiro internacional ou os expulsamos do espaço capitalista da zona euro? Não pagamos e queremos que o euro se foda diz o KKE que ao contrário de ti não teme uma revolução social na Grécia.

            Internacionalismo para “salvar a União Europeia”? Internacionalismo para “salvar o Euro”? Isto foi dito pelo Tsipras e o Syriza queres citações? Internacionalismo para salvar a Burguesia? Internacionalismo burguês?

            Além de fazeres eco de economistas reformistas, de Syrizas e afins com a tua teoria do euro, esquivas-te a fazer uma discussão honesta de comunista para comunista sobre o que realmente está aqui em discussão politicamente.

            Da mesma forma que o KKE crítica olhos nos olhos partidos comunistas que considera reformistas, tu deverias dizer olhos nos olhos o que tens contra o partido comunista mais combativo e mais revolucionário da Europa KKE.

          • João Valente Aguiar diz:

            Tu queres um país romper unilateralmente com a UE? E depois? Pagas cem mil escudos por um bife? E cinquenta mil por um quilo de maçãs? Financias a reconstrução do aparelho produtivo com que dinheiro? Com que dinheiro compras alimentos que Portugal não produz nem consegue produzir sem uma enorme mecanização da agricultura que só seria possível 1) depois de comprares maquinaria ao estrangeiro; 2) depois de formares técnicos, agrónomos, etc. E só estou a falar dos problemas imputáveis à agricultura e à alimentação. Nem sequer pego na reindustrialização (impossível), etc. Espantoso como os mestres da dialéctica não se importam de ver os trabalhadores sofrerem desde que estes sejam comandados por uma vanguarda nacionalista de esquerda…

            Tu confundes uma crise económica no capitalismo com uma crise de dominação da burguesia. E esta é que leva a situações revolucionárias não a primeira. 1929 levou ao nazismo não a novas revoluções… As crises de dominação da burguesia abrem sempre espaço a lutas operárias internacionais (1917-23: Rússia, Alemanha, Hungria, Finlândia, Itália, etc.; 1968-75: França, Itália, Portugal, etc.) e não em processos estritamente nacionais…

            E depois lá vem a boquinha patética de se querer manter na UE… Que eu saiba, a tarefa de uma organização revolucionária é de perspectivar as condições que vão permitir a continuação da luta, não embarcar em aventuras que comprometem a luta internacional dos trabalhadores. Décadas de recuo das lutas operárias parecem ter esquecido a muita gente de esquerda a importância do internacionalismo…

            Para terminar, espantoso como tu abordas todas estas questões a partir de meras considerações ideológicas, nenhuma delas marxistas e, pior ainda, nenhuma delas assente em factos e processos objectivos. É que nem vale a pena discutir quando queres resolver problemas económicos e sociais gravíssimos a partir de um voluntarismo nacionalista…

      • André Silva diz:

        Que comentário ridículo. O Augusto chama os outros de sectários, mas recusa-se a ver que o Syriza não funciona como travão coisa nenhuma ao aceitar o sistema capitalista e contentar-se em reformá-lo. Acha que é o primeiro? Acha que é o último? Leia alguns comunicados antigos do PASOK e surpreenda-se.

        Vistas curtas é não perceber que o KKE não está no Grécia para enganar ninguém: a Grécia não consegue libertar-se das garras do capitalismo enquanto não se libertar não da Europa, mas da UE, estrutra capitalista até à medula.

        Para quem quiser viver enganado e iludido, vá, apoie o Syriza, e daqui a uns anos falamos.

    • CausasPerdidas diz:

      Mais um daqueles que teria preferido votar nos nazis de Hitler para “não criar ilusões na social-democracia” – pesquisem, ide ver de onde vem a genética dessa posição. Ainda por cima é mentiroso, ao considerar que “todos os partidos” que compõem o Syriza foram a favor do tratado de Mastrich”.
      E tanto “radicalismo”, a cereja em cima do bolo ideológico feito com a farinha trágica das Frentes Populares… E logo sobre a Grécia, cuja sublevação armada foi traída pelo PC/URSS para respeitar o tratado de “partilha” do mundo em zonas de influência feito a seguir à Segunda Guerra Mundial.
      E depois a confusão do Partido com a Classe, duas coisas absolutamente distintas. “Leninismo” aprendido no “manual oficial da estupidez”, o “Questões do Leninismo”.

  1. antónimo diz:

    viva, viva, já tenho o blogue no mozilla. percebeu-se natureza do apagão?

  2. JMM diz:

    é o “melhor” argumento desses filhos da puta.

  3. Luis Rainha diz:

    Ouvi vários gregos dizer que havia quem tivesse votado nestes tipos para que, literalmente, dessem porrada nos deputados dos outros partidos. Aí está.
    Pelo menos não decepcionam os seus eleitores.

    • Tiago Mota Saraiva diz:

      Promessa cumprida!

    • Tiago Mota Saraiva diz:

      São é capazes de ficar fora do parlamento, com o voto útil na ND ou PASOK

      • João Pais diz:

        E não pode ser este mais um gesto de propaganda? Vamos ver como isto acaba, porque as chapadas na boca não daram 1 único voto ao KKE, mas veremos quantos tiram aos fascistas… cuidado com as conclusões precipitadas…

    • Bolota diz:

      Engraçado é os outros homens não terem aproveitado e não lhe terem deixado o corpinho todo roxo.

      No minimo roia~lhe uma orelha

  4. Camarro diz:

    Estes comunistas… sempre prontos a dar o corpo ao manifesto!

    Não deixa de ser interessante que a deputada do KKE vá em auxílio da deputada do Syriza… Bonito de se ver…

    • Leo diz:

      Foi mesmo a única pessoa que saltou em defesa da candidata do Syriza. E contudo esta manteve-se queda e muda enquanto o nazi agredia a candidata do KKE…

      Uma imagem que vale por mil discursos…

      • Camarro diz:

        Mais grave é o facto de estarem outros homens presentes no estúdio e que assistiram às agressões impávidos e serenos. Presumo que sejam da ND, PASOK e ED. Já assistimos a esta complacência perante os nazis noutros tempos. A pouco e pouco a história vai-se repetindo.

        Resta saber se, aqueles que estão do outro lado da barricada, aprenderam, também, alguma coisa com a história.

        • Leo diz:

          Pelo menos o apresentador do programa tentou protegê-la…

          Quanto à complacência… foi de facto lamentável e é indesculpável o comportamento dos restantes candidatos. Quanto à do Syriza não espanta, aliás o vídeo num post aí em baixo “Zizek, com a linha justa, do lado certo da força”… é esclarecedor. Pois não se viu como todos – a começar pelo Alex Tsipras – apoiaram a graçola “do KKE estar morto e não o saber”?

      • Luis Rainha diz:

        O sectarismo é tão estúpido quanto ridículo.

    • Francisco diz:

      Quem deveria igualmente ter ajudado a deputada comunista era a deputada do Syriza em vez de ficar sentada a sorrir enquanto o fascista agredia e deputada do KKE.

      • Leo diz:

        Dever, devia. Mas continuou muda e queda apesar de a candidata comunista ter sido a única pessoa presente a reagir à cena do copo de água.

      • André Silva diz:

        De facto, é claro que não se vai colar o Syriza à atitude da sua deputada, mas também diria que foi uma atitude mesmo à Syriza…

    • Bolota diz:

      e ter levado nas orelhas sem que a outra esboce um gesto de ajuda. Lá como cá…

  5. Rocha diz:

    A fonte do teu texto também é fascista.

    O que a Aurora Dourada faz é o que o PASOK, a Nova Democracia e até a Esquerda Democrática e Independentes Gregos (que é tudo da mesma laia) gostariam de fazer ao reprimir violentamente o KKE mas não podem e assim usam a Aurora Dourada como proxy.

    Foram o PASOK e a Nova Democracia que criaram e alimentaram a Aurora Dourada com políticas racistas anti-imigração que abriram caminho à milícia fascista. O muro de contenção de imigrantes, os campos de concentração de imigrantes foram o PASOK e a Nova Democracia que fizeram. A política de imigração de todos os partidos na Grécia da Esquerda Democrática para a direita são racistas anti-imigração. Os Independentes Gregos, o LAOS e o Drasi (partido de direita menor) são todos colaboracionistas com o fascismo e apontam os imigrantes como bode expiatório.

    O povo grego tem de se preparar para uma luta anti-fascista que será violenta. Só o KKE e só o movimento sindical comunista parecem dispostos a fazê-lo de forma organizada.

    • Maria P. diz:

      Felizmente que, nem tudo aquilo que escreve, corresponde á realidade!
      Sabe ou tem pelo menos uma pequena nocao do que sao “campos de concentracao”? Creio que nao, pois de contrário nao teria escrito o disparate acima: “O muro de contenção de imigrantes, os campos de concentração de imigrantes foram o PASOK e a Nova Democracia que fizeram.”(citado)

      • eu diz:

        Está A FALAR DAS PRISÕES DA cia,NA eUROPA,MINHA SENHORA?E NOS PAIS DA DEMOCRACIA,NÃO HÁ?Basta fazer uma busca e ver os Campos de Concentração na sua querida América….

    • Luis Rainha diz:

      É precisamente ao contrário. A política oficia anti-imigração é que tenta esvaziar a inflação dos neonazis.

  6. De diz:

    A extrema-direita é assim.
    Um nojo

    Entretanto o assalto continua,cada vez mais às claras, sem qualquer pudor.
    Na Grécia : “Pobres têm de pagar 116,25 euros pelo IRS”.
    http://www.dn.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=2594833&seccao=Dinheiro%20Vivo
    A notícia é chocante.

    A outra face da mesma moeda?

  7. xatoo diz:

    A agressão ocorreu depois da deputada comunista ter insinuado que o neo-Nazi teria estado implicado num assalto e roubo à mão armada em 2007.
    O neo-Nazi foi imobilizado e confinado a um quarto isolado, enquanto se chamava a policia, porém conseguiu evadir-se arrombando a porta. Portanto, não sei se está preso.
    Enfim, espera-se que o deputado neo-Nazi esteja ao abrigo da imunidade parlamentar… e que a deputada comunista seja levada a tribunal por difamação…
    (isto é, se já não existe uma disposição constitucional europeia que proibe a existência de partidos ou movimentos fascistas)
    o video está aqui

    • Leo diz:

      A deputada do KKE não insinuou nada.

      Seguindo o link, somos informados do que se passou imediatamente antes e depois:

      “Kasidiaris e Kanelli já tinham trocado galhardetes. Kasidiaris chamou-lhe de forma desdenhosa “velha comunista” e ela chamando-lhe “colaborador alemão” e ”fascista”.

      Quando Dourou interveio mencionou o julgamento em curso contra Kasidiaris, que se indignou. Quando Dourou disse “o teu partido levará a Grécia recuar 500 anos”, Kasidiaris pegou no copo de água e despejou-o em direcção a Dourou.

      Kanelli saltou e disse-lhe “vai-te embora, idiota!”. Kasidiaris levantou-se e começou a agredir Kanelli enquanto o apresentador interveio gritando “Não! Não!”

      Segundo os media gregos, ao abandonar o estúdio Kasidiaris agrediu igualmente o editor do programa.

      Ao sair do estúdio Kasidiaris ameaçou que voltará com mais do seu tipo…”

    • Pôncio Fagundes diz:

      Acho que a assembleia eleita a 6 de Maio já foi dissolvida, e portanto já não deve ter direito a imunidade.

  8. Augusto diz:

    Rocha a sua CEGUEIRA SECTÁRIA é digna de nota.

    Essa de só KKE ser um travão ao fascismo, nem merece resposta.

    • Rocha diz:

      Eu não disse o que você está a dizer. O que eu disse é que a Aurora Dourada é a violência organizada contra os trabalhadores e é patrocinada pelo decadente Estado burguês PASOK-Nova Democracia.

      Face a essa violência organizada só o KKE e a PAME dispõem de organizações de massas de classe à altura desta ameaça. Os militantes honestos do SYRIZA não combatem devidamente o fascismo se continuarem a alinhar com a GSEE e ADEDY (as centrais amarelas do PASOK).

      Só um movimento sindical de classe revolucionário pode vencer o fascismo. Não pense que vai ser um parlamento ou um governo a derrotar o fascismo. Esta luta vai ser vencida pela rua e pelas massas.

    • André Silva diz:

      Então os comunistas não são um travão do fascismo?

      Conte-nos lá a sua versão, estou curioso em saber a sua teoria…

  9. João Sebastião diz:

    Fascistas de merda!

  10. Licas diz:

    Camarada Rocha: dentro da Teoria da Conspiração (de que, aliás, sois exímios) dececionou-me a sua argumentação.
    UM COPO DE Água??? UM COPO DE ÁGUA, se calhar nem mineral, atirado à cara da tal?.
    MISÉRIA . . .
    Não vê que foi encenação da esquerda radical usando um infiltrado na tal Golden Dawn (ou lá que é) ???
    Diz muito bem : o que é preciso cá (uma vez que nas urnas estão cada vez maus órfãos) é violência da verdadeira: tacos de golf, navalhas, soqueiras, pedras, molotovs, . . . (e depois digam que a Polícia é bruta e vêm choramingar para a Net . . .).
    Que miséria de projécteis! Ao menos um sapato como fizeram ao Bush . . AO MENOS.
    Para que cá não se passe de uma tempestade______NUM COPO DE ÁGUA . . .

  11. antónimo diz:

    E sobre este assunto há quatro dias alguém me sabe responder a esta questão ainda por publicar? Que raio fizeram os Xutos na Bela Vista?

    «Dos James já ouvi o que disseram, mas afinal que fizeram os Xutos?

    Regressaram aos tempos dos Esquadrões da Morte e de menos óbvias intervenções punk, fazendo esquecer os lapsus linguae do Zé Pedro em relação ao tema do Senhor Engenheiro Sem Eira Nem Beira ou o estranho caso da estranha letra do Restos Pós Pobrezinhos*, escrita, alegadamente, por um Tim em momentânea paragem cerebral?

    (*acho que não se deve estragar comida – e já o achava, adolescente, quando Herman Vacondeus a estragava no Tal Canal armado em cozinheira – mas aquela letra, senhores, aquela letra, aquela letra e aquele patrono).»

    • Baresi88 diz:

      O Zé Leonel é que fez bem em ter saido dos Xutos, poupou-se a essa merda toda, não se vendeu a ninguém.

  12. Leo diz:

    “Ilias Kassidiaris, deputado e porta-voz do partido nazi grego Golden Dawn, lança um copo de água à deputada Rena Dourou (Syriza) e agride a deputada comunista Liana Kanelli (KKE). Terá sido preso.” ????

    Nem Ilias Kassidiaris, nem Rena Dourou, nem Liana Kanelli são deputados. São todos candidatos nas próximas eleições.

    E Kassidiaris, não está preso, está em fuga. Porque não só agrediu a candidata do KKE como também o editor do canal de televisão e ameaçou voltar com outros para ajustar contas com os jornalistas. A polícia já emitiu mandato de prisão por “danos físicos perigosos”. Kassidiaris está presentemente a ser julgado por “colaboração em roudo”.

  13. Thestudio diz:

    A deputada comunista atingiu primeiro o deputado do Golden Dawn com um envelope. Os KKE e comunistas em geral lembram aqueles cãezinhos peludos com que as tias de Cascais andam ao colo: ladram muito mas não mordem. Quando o bicho pega metem o rabo entre as pernas.

    • Não Interessa diz:

      És tão asqueroso.. Dás vómitos, animal.

    • De diz:

      Para este personagem maquilhado de pó-de-arroz dos estúdios sebentos:
      “So you big macho bloke attack a middle-aged tiny harmless woman with your fists in retaliation to what…a sheet of paper aimed at you? And you call yourself a man?
      Fascists are indeed pathetic creatures.”
      Está aí na fonte postada pelo Tiago

      Depois para raiva do thestudio…a única que enfrentou a besta fascista foi a deputada comunista que saiu em defesa da deputada do Syriza.
      Pobre thestudio.Oscila entre a agressão e a fuga.Os factos são uma coisa lixada.
      Não são apenas figuras patéticas.São outras coisas mais.

    • CD diz:

      Talvez seja por não morderem que em regra são fuzilados ou seguem em fila para os fornos crematórios. O que incomoda são os ideiais de justiça e de dignidade humana que a ordem social dos privilégios a todo o custo despreza.

    • Leo diz:

      O candidato neo-nazi começou por agredir a candidata comunista chamando-lhe desdenhosamente “velha comunista” e esta não se calou e replicou: “colaborador alemão” e “fascista”.

      Depois a candidata do Syriza lembrou-lhe o julgamento em curso por “colaboração de roubo”. Foi quando o neo-nazi a agrediu, atirando-lhe com água.

      Saltou a candidata comunista dizendo “vai-te embora, idiota”. Respondeu o neo-nazi com três cenas de socos violentos. Não satisfeito, agrediu ainda o editor do programa e prometeu voltar com outros para ajustar contas com os jornalistas da estação.

      • xatoo diz:

        Leo
        na verdade, como objecto de propaganda que é este video, a cena da agressão é replicada três vezes.
        Mas a cena dos dois sopapaos só acontece uma vez
        veja o original

        • Leo diz:

          O link lá de cima liga ao vídeo a à notícia. Eu segui a notícia e vi o vídeo.

        • Tiago diz:

          Um vídeo onde um nazi agride publicamente duas deputadas, uma dela com socos na cara, é um video de propaganda? A miséria humana desta gente que nem com provas da sua cobardia extrema… dá o braço a torcer.

          Nada de novo.

    • Rocha diz:

      Sim senhor, o criminoso vulgar do Golden Dawn bate na mulher (que tem idade para ser mãe dele). É um grande valentão, sim senhor. Assim se vê a valentia dos fascistas e dos seus acólitos.

      • antónimo diz:

        Golden Dawn é inglês. O partido em português chama-se Aurora Dourada, ou bem que o chamamos em grego ou bem que não usamos a língua do capital.

    • CausasPerdidas diz:

      Levou com o envelope, então está desculpado. Mesmo que fosse de Esquerda, um tipo que agride assim uma mulher é um canalha, sendo nazi está automaticamente englobado.
      O seu comentário faz-me lembrar os comentadores de jogos de futebol que justificam a “conquista” da grande penalidade, o roubo descarado depois do mergulho artístico do atacante: “houve um ligeiro toque”. Cá em casa há um termo para definir esses comentadores “patrióticos”: “Lá se estalou o comentário, já pôs a bandeira no cu”.

    • Carlos Carapeto diz:

      “Thestudio says:

      A deputada comunista atingiu primeiro o deputado do Golden Dawn com um envelope.”

      Isso é justificação para o entrocho agredir a senhora à bofetada? Estás no teu direito, proteger a familia.

    • João. diz:

      “A deputada comunista atingiu primeiro o deputado do Golden Dawn com um envelope.” Esta frase diz tudo. Faz lembrar o Serra no Brasil que foi ao hospital depois de ter sido atingido…por uma bola de papel. E é curioso o que diz dos comunistas, uma vez que a deputada comunista, ao contrário dos demais, foi a única política que não ficou de cú sentado depois do nazi ter atirado com água à cara da outra deputada. Mas que sei para para os como o thestudio o “olhar de desaprovação” é que é dar o corpo ao manifesto.

    • João diz:

      Já os nazis são extremamente corajosos. É por isso que normalmente andam em grupo e atacam cidadãos isolados. Mas tem toda a razão, quando uma senhora de idade atira com um envelope a um cavalheiro que atirou um copo de água a outra senhora, o que este deve fazer é dar-lhe dois murros. Tem toda a razão, é bom que, como nazi que é, deixe claro o seu pensamento. O meu espanto é como ainda lhe permitem vir evacuar para este sítio. Deve ser por cobardia dos comunistas que aqui andam. Filho da puta.

  14. Francisco diz:

    Camaradas

    Temos de intensificar o esclarecimento das pessoas, propagar as nossas ideias e demonstrar que há alternativas. E alertar todo o país(pois estes movimentos fascistas também por cá se propagam) para a o estado actual do país, de modo a evitar o crescimento desmesurado da extrema-direita.

  15. Tiago Santos diz:

    Esta tarde a SIC, passou várias vezes imagens de um homem a agredir brutalmente uma mulher num debate televisivo. A voz off, apresenta esta agressão como um ” sinal da tensão que se vive na Grécia”. Não, meus senhores, isto não é um sinal de tensão da crise da Grécia, é um marco do péssimo jornalismo da SIC de Portugal!

    Como é possível que a SIC, outrora uma referência da informação, divulgue imagens de uma agressão fascista sem qualquer justificação e uma total violação de todos os princípios democráticos, como um ” sinal da tensão que se vive na Grécia”?
    Como???? qual a justificação editorial para que uma vergonha destas apareça justificada na televisão como um sintoma de tensão??? Uma agressão intolerável, um crime lesa-civilização, passa a ser anunciado como um simples caso de nervos, justificado pela crise…E as pessoas lá em casa, dão uma galhofa com a mulher a levar uns sopapos. Tudo normal.

    Mas se um dia as pessoas cansadas da vergonha que vêem na televisão , invadirem as vossas instalações, partirem tudo e derem uns tabefes ao responsável pelas notícias, o que lhe vão chamar? Uma inadmíssivel agressão à liberdade de imprensa, ou apenas, um sinal da tensão de um país em crise?

    Uma vergonha. Inadmíssível, incompreensível, e absolutamente irresponsável!
    O lucro e as audiências, não são tudo. A responsabilidade, a democracia e a civilização são um dever moral de todos.

    Retratem-se, tenham a decência de defender a democracia, a tolerância e a liberdade de opinião, não justifiquem nunca a bestialidade e a ignorância. Não se compreende a intolerância. Esta combate-se, pura e simplesmente, em todo e qualquer momento!
    Não se mostram imagens do Holocausto com a legenda de um caso de tensão social derivado da crise criada com o tratado de Versailles!
    Mas está tudo burro?

    Uma VERGONHA!

    Tiago Santos

    • eu diz:

      Tem razão.Face às mascaradas feitas pelas forças ‘democráticas’-faz-me lembrar os Esquadrões da Morte nas Honduras e o backyard dos EUA,nada dizem a não ser propagar,tal como Goring dizia…a sick,é tão independente como…….
      Vão à Líbia ver a ‘liberdade’….não vão,pq aquilo é a barbárie.Como dizia Walter Benjamin: a revolução é o derradeiro travão da barbárie.
      Para estes gajos fascistas com cagufa de dizerem ao que veem, e VERGONHA de o admitirem,mascaram-se como ‘democratas’ q até comem sardinhas na lata!Abraços ao dias loureiro,isaltino,joão jardim q ganhou eleições por fazer obra ,embora levando à falência as contas da madeira….Mas que OBRA-OPUS????????

    • Caxineiro diz:

      A TVI24 passou hoje um vídeo legendado dessa parte do debate. Fica a sensação que a atitude do facho foi premeditada e não consequencia do calor da discussão; parece cópia de um outro debate na Rússia, há uns anos atrás, onde Jirinovski vai insultando os adversários em crescendo até conseguir provocar uma cena de pancadaria. Resta esperar pelo resultado; se o A Dourada mantiver o número de votos (duvido) é sinal que a Grécia está mesmo muito mal
      Em Portugal, preocupam-me mais os fascistas disfarçados que estão no poder do que os atrasados mentais dos Machados e sus muchachos, estes últimos são mais um caso de polícia do que de política
      A censura nos media em Portugal tem avançado com pezinhos de lã, passo-a-passo, e é por isso que muita gente não se dá conta do que está a acontecer. Apesar dos Medinas, Coutinhos etc, a 4 parece-me ser a mais aberta das TVs

      • Leo diz:

        “Em Portugal, preocupam-me mais os fascistas disfarçados que estão no poder do que os atrasados mentais dos Machados e sus muchachos, estes últimos são mais um caso de polícia do que de política”

        Já somos dois.

  16. Licas diz:

    São 14:32_____ainda *awaiting moderation* . . .

  17. CD diz:

    O que é digno de registo é que depois do copo de água a deputada do KKE reage “batendo” no agressor como os papéis em contraponto com a espectante passividade da deputada do Syriza e Cia ao ver o pokemon agredindo a senhora.

  18. Licas diz:

    Francisco says:
    7 de Junho de 2012 at 13:05
    Camaradas

    Temos de intensificar o esclarecimento das pessoas, propagar as nossas ideias e demonstrar que há alternativas. E alertar todo o país(pois estes movimentos fascistas também por cá se propagam) para a o estado actual do país, de modo a evitar o crescimento desmesurado da extrema-direita.
    _________________

    Besembucha pá ! Diz quais são as tuas ideias !
    Entretanto ouve (em direto) o Kofi Anan na UN no seu relatório sobre a Síria. . .
    (Bashar al-Assad , o massacrador, suportado apenas pelos camaradas Russos e Chineses).

  19. Licas diz:

    Desembucha . . .

  20. Rui Campos diz:

    A mim parece-me cada vez mais claro a natureza ideológica do Syriza, ora vejam:

    http://inter.kke.gr/News/news2012/2012-06-07-syriza

  21. Carlos Carapeto diz:

    Enquanto os comunistas se assumem corajosamente à luz do dia, a extrema direita vai fazendo o trabalho de sapa minando no terreno da democracia.

    Alguns dos comentários aqui colocados, demonstram-no perfeitamente.

    Relembrando Eurico Corvacho: ___ A luta é de morte contra o fascismo.

    • eu diz:

      Tem que haver confrontamento com a burguesia e arredá-la da gestão do país.Marx,via muito longe-aquele ‘velhinho’ judeu das barbas está up to date .A burguesia já não pode disfarçar ao que vem!

  22. Licas diz:

    Esta atribuída ao Corvacho . . . faz-me lemcrar uma outra:
    FORÇA, FORÇA, COMPANHEIRO VASCO; NÓS SOMOS A MURALHA DE AÇO . . .~
    (de slogan em slogan lá vão, em vão, aquecendo a múmia, a ver se ela ressuscita . . .)

  23. Licas diz:

    ____lembrar______

  24. Tiago diz:

    Que um grunho fascista agrida a deputada do Partido Comunista Grego é execrável. Demonstra bem o seu ódio de classe. Mas também execrável é a atitude da deputada do Syrisa e os outros dois (que não sei indentificar para ser sincero) que de mãos cruzadas assistem impavidos e serenos à agressão. A deputada comunista quando o nazi atira o copo de água insurge-se na defesa da deputada do Syrisa, quando ela é a agredida os outros assistem.

    Na minha visão ética da vida, igual é que o bate ao que deixa bater sem nada fazer. Falando em luta de classes, nada de novo, os comunistas são para abater, não importa quem o faça, a burguesia ou a pequena-burguesa radicalizada com a miséria a bater-lhe à porta, sabem onde estão os alicerces para a construção do socialismo.

  25. Vítor Vieira diz:

    Depois de ver o video, tenho de concordar que o rapaz estava a defender-se de tentativa de homicídio por lançamento de papel… só não morreu porque não era o “Diário da Assembleia da República” com os discursos do Ministro do Coiso. Tadinho.

Os comentários estão fechados.