“SONG FOR CHE”: Será que o coelho vai escapar? Ou o fim está para breve?

A propósito dos James e dos Xutos (excepcionais!!), em baixo muito bem sublinhados pelo Bruno, recordo que Charlie Haden, em 1971, fez o que tinha a fazer qualquer homem de bem, de coragem e não serviçal – dedicou a “Song for Che” aos movimentos revolucionários de Angola, Moçambique e Guiné contra o colonialismo-fascismo português. Não encontro imagens desse momento premonitório, por isso aqui fica a “Song for Che” pelo Ornette Coleman; o fascismo em Portugal cairia três anos depois – atenção serviçais e outros passivos da situação, o Coelho pode e deve cair daqui por três meses. O tempo agora (neste caso felizmente) passa de outro modo:

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

12 Responses to “SONG FOR CHE”: Será que o coelho vai escapar? Ou o fim está para breve?

  1. Pingback: Carlos Paredes e Charlie Haden | Spectrum

Os comentários estão fechados.