Por uma esquerda livre de mentiras

Acabei de ler este artigo do André Freire que ontem saiu no Público. Não partilho da lógica evangelizadora que perfilha desvalorizando, ingenuamente, a inteligência e a vontade de quem dirige os partidos ditos de “centro-esquerda”. Contudo, o que me parece mais extraordinário é a forma como repete a ideia, falsa, que só não houve governo de esquerda na Grécia porque o KKE não quis – “Todavia, não foi possível converter tal força eleitoral em maioria de governo devido à recusa dos comunistas ortodoxos (KKE)”.
Será que o André Freire não fez as contas? Fica-lhe mal. Espero que se retrate.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

15 Responses to Por uma esquerda livre de mentiras

Os comentários estão fechados.