Não será por minha culpa

Dia 30 de Junho vou à manifestação contra o desemprego. Hoje Nuno Crato disse que vai dar o pequeno almoço a crianças de 80 escolas porque há crianças a desmaiar de fome. À pergunta quantas crianças passam fome respondeu o ministro displicente – «alguns milhares». Não sei o que é ver um filho sair de casa de manhã, com a mochila às costas sem ter tomado o pequeno almoço. Nem sei se teria forças para sair à rua ou sequer levantar a voz se tivesse que o ver. Não será por minha culpa que este governo vai continuar a governar, a espalhar o desemprego, a miséria e aquilo que é o limite de tudo o que se pode aceitar – a fome.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.