«Eu não quero vingança! Eu quero que se faça justiça!»

Dando continuidade ao que aqui anunciámos, passo a apresentar alguns factos.

O Tony tem 46 anos. Nasceu em Cabo Verde e veio para Portugal em 1991. É motorista de pesados. Não tem cadastro.

Embora de fraca qualidade (imagem), o som permite ouvir a revolta dos muitos vizinhos que, aos gritos, exigiam que os agentes (fardados e à paisana) parassem com as agressões ao Tony. Tudo aconteceu na noite de 25 para 26 de Maio, por volta da uma hora da manhã. O Tony estava à espera que a companheira acabasse de limpar o café para seguirem ambos para casa. Como era costume… naquela noite os hábitos desta família foram brutalmente interrompidos e as liberdades, direitos e garantias destes cidadãos foram atirados para a sarjeta

Os agentes da PSP chegaram e, pouco depois, passaram à acção. As agressões começaram logo ali, à porta do café. Primeiro o gás pimenta nos olhos para que a cegueira impedisse qualquer resistência. Das janelas dos prédios em redor, os vizinhos gritavam em desespero. Há mais testemunhas, para além dos vizinhos, que estão dispostas a acompanhar o Tony nesta luta.

Da porta do café, a violência foi transferida para a Esquadra da PSP de Santa Marta de Corroios.

O gás pimenta foi uma constante. O Tony, que já chegou à Esquadra inconsciente, demorou a recuperar os sentidos. Deitaram-lhe água nos ouvidos. Repetidamente. Por volta das 5h30 os Bombeiros do Seixal foram chamados e transportaram o Tony para o Hospital Garcia de Orta, em Almada. Saiu ao meio-dia. Líquido nos pulmões. Hematomas por todo o corpo. Costelas partidas. Tudo isto vai passar. A dor que transmite com o olhar não.

Ao contrário de muitos outros, o Tony não está sozinho. O caso será levado até às últimas instâncias. Ao sair do Hospital Garcia de Orta, em Almada, o Tony disse a um amigo: «Eu não quero vingança! Eu quero que se faça justiça!»

«Será que ou não será que,o mundo verá que,
um brother terá que,não continuar sujeito a este ataque,
hipocrita,violento,pior do que a América no Iraque,
Onde média só põe crimes de brothas em destaque,

O governo faz jogo racista e o povo apoia tipo claque,
Skinheads em toda claque, será que,
este pais só aceita um emigrante se for um craque?
Que leve as quinas ao pódio e faça a tuga acreditar que,

Existe união ate que a televisão venha mostrar que,
Houve um arrastão e agora a população dirá que,
Não é divisão, emigração para rua já que,
Os nossos filhinhos não podem brincar seguros no parque,

Será que, não haverá uma merda que acontecera que,
Um gajo não seja o bote expiatório,
ou que com as culpas um gajo não arque,
Ou será que só a guerra fará que,

Um negro possa ser respeitado com a sua aparência,
raízes, cultura e sotaque,
Será que,a sociedade só conseguirá que,
um negro continue a ser explorado por desumanos

Ao estilo exacto, por preconceitos,
ser o ultimo atendido mas sempre o primeiro suspeito,
Na entrevista para o trabalho encontrem sempre defeitos,
Que nunca sejamos defendidos pelos fdp’s eleitos!

Será que,irmaos nao se apercebem que há que,
Deixar que falar e sair para a rua em protesto
Porque é lá que, vamos acabar com o racismo, capitalismo
E todas as outras formas de saque.

Será que.»

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

97 Responses to «Eu não quero vingança! Eu quero que se faça justiça!»

  1. Tima says:

    Vocês continuam a ignorar uma realidade.
    Nem vos passa pela cabeça a quantidade de polícias que existem e especialmente na Margem Sul que são membros ou simpatizantes de movimentos de extrema-direita!
    Comecem a investigar as reuniões deles e os centros de captação de simpatizantes como alguns ginásios de artes marciais (Jiu Jitsu, MMA, Krav Maga) por exemplo.
    É urgente fazer uma investigação total às chefias e esquadras da Margem Sul.
    Isto é o que vai sendo apanhado em vídeo. Imaginem o que nunca chega à praça pública.

    • Carlos Guedes says:

      Os 40 anos de margem sul que já levo permitem-me contrariá-lo com muita autoridade. Há poucas realidades que desconheça por estes lados e a dos movimentos de extrema-direita é uma delas!

      • Carlos Guedes says:

        E não só nos passa pela cabeça como nos têm passado pelos olhos situações como esta.

      • Tima says:

        Pois infelizmente deixe-me dizer que não conhece porque não frequenta os meios onde esses membros se fazem deslocar. Estou a falar porque conheço casos concretos que não vou obviamente relatar por serem casos pessoais. Desde esquadras, a cursos de auto-defesa, ginásios, seguranças de discotecas etc são diversos locais onde se captam membros. Lembra-se do famoso caso de Sandro “Bala” que dominava a “segurança privada das noites” na Margem Sul?
        Guerra interna entre grupos de Jiu Jitsu brasileiros e membros de extrema-direita com a ajuda indirecta da polícia que acabou com a fuga do cabecilha brasileiro para o Brasil.
        O facto do Guedes ignorar não quer dizer que não existam. Eles já se mexem e a presença de um grupo deles em desacatos nas manifestações é sinal que estão a crescer aos poucos.

        • Carlos Guedes says:

          Meu caro, não tenho qualquer interesse em alimentar a discussão nos termos em que o pretende fazer. Espero que compreenda. E acredito que sim.

        • RUI says:

          Isto é para rir não é? Então os brasileiros que andavam a roubar e a matar são de extrema-direita??? LOL BEM GRANDE. Só um ignorante na matéria podia fazer tamanha afirmação

      • incongito says:

        então Sr. carlos guedes anda a dormir na forma tal como toda a autoridade portuguesa caso contrario a maior parte dos governantes estavam a cumprir pena, porque uma das sedes da extrema direita em portugal e na margem sul em dois polos Almada e Seixal, existe outro em Loulé (algarve) e no Norte de portugal em parte incerta e posso lhe garantir que na margem sul 70% dos activista de extrema direita estão enquadrados nas forças policias por isso essa autoridade de que se gaba não passa de ilusão porque a realidade é outra!

        • Carlos Guedes says:

          Eu não pretendo saber tudo, mas se há coisa que me irrita é que cheguem aqui a partir do princípio de que não sei nada. E então sobre movimentos de extrema-direita na margem sul…

    • Marcos Gomes says:

      desculpa mas o que escreves não é totalmente verdade. se são de extrema direita o que andam a fazer no meio de pessoal brasileiro e lutar uma arte brasileira? concordo com tudo o que dizes menos quando falas nos desportos em questão.

      • incongito says:

        pois para chegarem aos objectivos que neste caso é ter instrução de luta e reforço a mais penosa que ha ate se fazem passar como amigos porque ate para fazerem trafico de armas ele lidam seja com quem for pretos, ciganos, ucranianos, ou seja negócios são negócios e digo mais quando terminar a minha tese vai haver muitos policias a bater com as costelas lá dentro porque eu falo do que vi porque estive no meio deles fiz negócios com eles, infelizmente tive de fazer cobranças para eles em operações ilegais chefiadas por graduados da policia de segurança publica, quando acabar a tese e publicar as provas Portugal vai a merda de Autoridade que tem para não falar de classe de elite que frequentam as melhores universidade e são os maiores consumidores de cocaína fornecida em grande parte por membro da extrema direita.

  2. Kirk says:

    É assim que se perde crédito.
    Começa tudo com um post do Tiago Mota sobre um gajo que vai a conduzir e a usar o telemovel (nao sei bem se isto é infracção grave ou muito grave, mas isso só interessa mesmo se for um de nós ou um filho nosso ou alguém q nos seja proximo a ser atropelado por uma condutor telefonista). Nao sei o que o CGuedes pensa de gajos que conduzem de telemovel na mão. Pelos vistos, e pelo que li nos posts, o condutor não terá sido agredido pela policia. mas o que eu acho de gajos que se dão ao luxo de fazer infracções dessas é que o minimo que se lhes pedia é que se deixassem de arrufos e pagassem a multa. Puta que os pariu. Acho vergonhoso que, objectivamente, num blogue de esquerda se defenda o dierito á infracção (pelo que li ainda nao li uma condenação formal da atitude do condutor).
    Eu não defendo de modo nenhum atitudes policiais donde resultam vitimas como as apresentadas pelo Guedes ou pelo Tiago. Agora condutores a conduzir pondo em causa a segurança dos demais utentes da via pública (a nao ser que o Guedes e o Tiago achem que conduzir e telefonar ao telemovel nao é manobra perigosa) terem direito a defesa neste blogue apenas porque foi interpelado por um policia que nem estaria de serviço, tenham dó, ok? Não misturem as coisas. Falem da policia, falem mal se tiver que ser mas não a reboque dum gajo que comete uma infracção rodoviaria de carácter relativamente grave. Foda-se, é que parece que não há assunto mais importante para falar.
    K

    • Carlos Guedes says:

      Não tem mais nada para dizer? O seu comentário atinge níveis de desinformação preocupantes. É a sua opinião e, neste caso, o que tenho a dizer-lhe é que não tenho qualquer respeito por ela. Sai do sofá e venha passar uma noite nos bairros da margem sul. Se quiser combinar estou à sua disposição!

    • miguel says:

      Este Kirk parece-me o Diácono Remédios cá da taberna. Ele é que dita (quem dita é o dita-dor) o que os escribas podem/devem ou não escrever?! Isto há com cada cromo mais difícil! Dassse….

    • é isso says:

      Começas logo por te enganares em uma coisa, o individuo não estava a conduzir ao telemovel, estava era com o carro no passeio parado a falar ao telemovel.. a partir dai, perdi o interesse no teu comentário…..

  3. Lopes says:

    Mas não vindo ao post eu pergunto este blog ainda existe é que andam a dizer que o Relvas comprou-o(aos participantes deste blog) e meteu todos a trabalhar no SIED, é verdade???

    • Carlos Guedes says:

      A estupidez tem limites. Neste post estão coisas sérias demais em causa para que percamos tempo com provocações pífias. Tenha vergonha!

  4. Kirk says:

    Chiça Guedes. O camionista foi agredido de 25 para 26 de Maio. E só hoje, após o Tiago Mota se ter dedicado a zurzir num policia que nem bateu num condutor que ia a telefonar enquanto conduzia … meu caro é muita coincidencia ter levado quatro dias a ter conhecimento da agressao ao motorista e ter colocado o post logo hoje, isto para quem como você diz, conhece bem a realidade da margem sul. Não duvido. Mas mais vale tarde que nunca.
    Meu caro eu nao dou cobertura a este tipo de acções, tipo nazi, da policia; evidentemente, que á falta da possibilidade de dar aos agressores o mesmo tratamento que deram ao motorista, acho merecedora de todo o apoio a sua vontade de que seja feita justiça. Aliás foi o que fez um familiar meu, há tres anos, preso e agredido na esquadra mas que levou o policia a tribunal. Mas ele não era nem motorista, nem vivia na margem sul nem era negro e foi preso durante uma acção de solidariedade no centro de Lisboa e agredido na esquadra por um policia de intercvenção, agressao essa que meteu ameaça com pistola, para alem das mazelas fisicas que o levaram ao hospital e lhe deixaram marcas na cara e no corpo vários dias.
    Não pude deixar de notar a coincidencia de aparecimento dos dois posts. Peço-lhe desculpa porque o meu comentário refere-se mais ao que o Tiago trinha escrito num dos seus (dele) posts que áquilo que você postou.
    Esta a gressão a esse motorista é mais uma das que ao longo de anos (enão é nos anos mais recentes) a policia tem feito e isto para não falarmos de assassinatos por balas, segundo a versão da policia, sempre disparadas para o ar… Portanto nada de novo, meu caro.
    K

    • Carlos Guedes says:

      Oiça. A vida não é um CSI Miami e eu não sou o Horatio.
      Tudo tem o seu tempo e antes de mais era preciso garantir a segurança do Tony e da sua família. Se não percebe isso de pouco ou nada me adianta perder tempo a ler o que quer que escreva a seguir!

    • Baresi88 says:

      “Salvador Louro
      O Cidadão estava d facto a falar ao telemóvel mas n com o veículo em marcha,o veículo estava estacionado no passeio qd foi abordado pelo agente em serviço d gratificados q saiu do interior d 1 estabelecimento comercial e lhe pediu q chegasse o veículo pa trás,tendo o Cidadão obedecido.Após essa manobra o agente informou q o iria autuar por este estar ao telemóvel.Sem qlq contrariedade o Cidadão recebeu o auto e dirigiu-se a um terminal d multibanco onde efectuou o pagamento da coima.Dirigiu-se então ao agente pa lhe mostrar o comprovativo do pagamento e pa solicitar q assinalasse no auto q o pagamento seria referente a depósito e n pagamento da coima,pa poder contestar.Após verificação do comprovativo d pagamento por parte do agente,este n quis devolver o comprovativo ao Cidadão,tendo o Cidadão dito ao agente apenas q ele não estava a dignificar a farda q tinha vestida estava a fazer abuso d autoridade.Após isso,o agente pediu reforços q se vê no video restante” Retirado do facebook do pai da miúda que foi agredida.

    • Baresi88 says:

      Tem aumentado meu caro.

  5. sandra Helena Ferreira Raimundo says:

    Eles tao doidos andao a ver muitos filmes policias rasistas e criminosos fassem o que queren e fica por ai usao fardas de gente honesta para cometeren os seus crimes en que mundo agente ta ,esconden detras das fardas covardes mas nao sao homen de tiraren as mascaras . Infelizmente tambem matarao o meu tio a 6 meses na cadeia pinhal da cruz mas eles poden esperar pq avera muitas sorpresas , eles nao estao a brincar e nos nao podemos aceitar essa humilhacao se nao avera muitas maldades da parte de quem nos deveria nos protejer . Covardes de merdas grandes bandidos

  6. Jack says:

    Já vi vídeos de OVNIs mais convincentes.

  7. Bolota says:

    O caso do Tony não é unico e derrepente a policia que até era uma força simpatica começa a ter procedimentos destes amiudadamente.

    Não há uma instituição qualquer que possa ajudar casos como os do Tony??? A ordem dos advogados não podia tomar em mãos casos de injustiça como estes???

    Ou muito me engano ou esta provocações constantes vão decambar numa batalha campal que todos sabemos como coemça, mas não sabesmos como acaba.

    • Baresi88 says:

      A ordem dos advogados tem como seu bastonário um traidor e um lambe botas.

    • Luis Gonzaga says:

      Por acaso até acho a policia bem melhor do que há 15 anos (e quanto mais para trás pior…). Acho que a grande diferença que existe agora é a facilidade de espalhar informação que não existia.
      Não só a policia, mas politicos, futebol, tribunais, e o que quiserem escrever a seguir … se fazem algo de grave apanham logo com muitos holofotes em cima e é o fim de algumas carreiras que até pareciam bem encaminhadas… o que é óptimo!

  8. careca says:

    Não estive lá nem sei o que fez com que a polícia aparecesse, talvez estivesse só a fazer ronda, talvez tenha havido uma queixa qualquer, de qualquer forma gostaria de ouvir o que tem a policia a dizer antes de formar uma opinião. A experiência leva-me a concluir que as pessoas inventam muito e distorcem as situações nas suas histórias, e também concluo com base no que tenho visto e ouvido, que é bom viver onde vivo, e que felizmente não me encontro por num grande centro. Espero ainda que se chegue ao fundo da questão relativamente ao que se passou e se apurem responsabilidades. Não é completamente descabido pensar que por vezes os polícias agem com força excessiva e sem necessidade, afinal, porque foram para essa profissão? as suas mentes estão vocacionadas para a violência, e é por isso que as pessoas são espancadas sem razão aparente, sim, isso acontece. Os que lá estão e não são vocacionados para a violência é porque muitas vezes não têem outra saída profissional e tentam esta profissão como quem tenta outra qualquer. Poucos serão os que seguem essa via, simplesmente para fazer cumprir a lei com honra e respeito por todos.

  9. ovotas says:

    Com uma esquadra de polícia de 3º mundo como a da fotografia, não podia sair nada de bom.

  10. A.Moreno says:

    nem sequer vou comentar as parvoeiras que praqui vão…pra já o camionista tem um nome..e segundo acho que realmente o assunto é um tanto sério para que se esteja a falar sobre o mesmo de uma forma tão leviana. Conheço o caso muito bem…muiiito mesmo e informo que simplesmente foi a prova do quão civilizado é o ser humano…enfim:(

  11. anarcia total says:

    aos militares é que não fasem disto , é cabeça baixa e sim senhor pode avançar !

  12. Ana Menta says:

    em https://www.facebook.com/photo.php?fbid=3548331264580&set=a.1238524720860.2034063.1161513369&type=1

    podem ler o relato de uma rapariga muito jovem violentamente espancada… por engano.
    lamento, mas neste momento a psp não me está a transmitir segurança nenhuma, bem pelo contrário.

  13. josé russell says:

    Parece que o KirK está mais preocupado e irado com os condutores com telemóvel ao volante do que com os espancamentos da polícia a camionistas e com o que «a policia tem feito e isto para não falarmos de assassinatos por balas, segundo a versão da policia, sempre disparadas para o ar… Portanto nada de novo, meu caro.» …. portanto parece ser , para o Kirk, tudo normal !
    O Hitler sabia bem tirar partido destas características humanas …….. uma das suas campanhas de ódio bem sucedida, ainda antes da guerra , foi a de pôr as massas enraivecidas contra os assassinos (nas suas palavras) que andavam a velocidades desenfreadas nas estradas a matar transeuntes, causar acidentes e pôr todo o povo que se aproxime das estradas em risco……. o pagode dizia – o Führer tem razão , (logo) : morte aos carapaus de corrida …….. de degrau em degrau, o pagode foi ajudando o seu Führer a fazer a história que todos nós conhecemos !
    Ó Kirk, claro que é uma irresponsabilidade andar a conduzir e a telefonar ao mesmo tempo, em último grau põe em risco vidas de terceiros……… mas mesmo assim , não me parece que esse “pecado” justifique todo aquele Carnaval que se assiste na Morais Soares ! Mas o mais importante neste post é que o telemóvel não é para aqui chamado, tão pouco o Tony ia a conduzir !

  14. RUI says:

    Em estilo de conclusão particular:
    - Obviamente que tem havido e pelos vistos cada vez acontecem situações de brutalidade e abuso de autoridade por parte da PSP e GNR que andam em contacto com as populações, mas isso não invalida ou valida que um cidadão deve respeito à autoridade desde que esta cumpra o que está estabelecido na Lei. Neste caso, parece ter havido 2 grandes burros, cada um a puxar para seu lado, tipico de muitos portugueses que metem vergonha. O agente da PSP lá por estar de gratificado, não está isento de intervir como autoridade, o mal está no abuso que alguns fazem disso, como por exemplo, quando se vê um ladrão a roubar virar costas ao acontecimento e depois multar ou chamar os colegas para autuarem algum cidadão mais medroso. Neste caso, o agente da PSP abusou do que fez ao pedir para movimentar uma viatura e depois autuar o condutor, mas é preciso ver que o próprio condutor que estava ao telemóvel, não se inibiu do seu uso quando colocou a viatura em marcha, mesmo sendo alguns centimetros. Claro está que houve abuso de ambas as partes. Por isso os apelido de 2 burros. O resto, foi tudo palhaçada. O agente da PSP não quis devolver o talão MB pois viu que o autuado iria contestar e isso iria dar-lhe problemas. Muito errado e recorrente. Falta de profissionalismo a dobrar. O condutor a seguir não se quis identificar. Pior ainda. Mas nestes casos, a PSP pode deter para identificar o suspeito, desde que não haja ninguém que o identifique. Outra má atitude a seguir a outra anterior. Obviamente que o condutor usou a filha ao colo para armar confusão e não ser detido, mas isso não valida a acção policial em massa como se viu. Na minha opinião a PSP usou da força e não soube ser civilizada com um cidadão que também de civilizado não possui grande armamento. Enfim. Dois burros a servirem de tipologia portuguesa.

  15. Thestudio says:

    Vamos lá ver se entendi. A história é a seguinte, à uma da manhã, a polícia entra pelo café desata a bater no Tony sem qualquer razão e leva-o para a esquadra. Faz sentido. E na história da carochinha, o Carlos Guedes também acreditou?

    • Carlos Guedes says:

      Não me recordo de ter acreditado na história que refere. Quanto à sua primeira frase, posso dizer-lhe, desde já, que não. Não entendeu mesmo nada!

      • thestudio says:

        Mas olhe que a história da Carochinha sempre é um pouco mais credível que esta do Tony.

        • Carlos Guedes says:

          Nesse caso espero pela sua versão dos factos.

        • alexandra says:

          Sem ânimo de ofender, que falta de respeito. Pobre Tony.

        • José Gabriel says:

          Da história da carochinha, não me recordo. Bela Adormecida, Branca de Neve, Soldadinho de Chumbo, ou até das fábulas do HCAndersen. Se o sr. com nome estranho fizer o favor de recordar onde andou a carochinha, faça favor.
          Segundo percebi, as agressões ao Tony foram acompanhadas por testemunhas oculares – e nem creio que todas elas usem óculos -, desde clientes que ainda estavam no café a vários vizinhos que gritaram por clemência. Se o sr. acha que um agente de uma força de segurança que agrede indiscriminadamente alguém não comete um crime, engana-se.
          No caso concreto, não há testemunha que atribua ao Tony qualquer conduta prévia que possa ter despoletado o subsequente acometimento, por acaso, inflingido por agentes da PSP.
          Mas, mesmo que numa situação hipotética, um qualquer “Tony” como o sr. dê um pontapezinho maroto a um membro de uma força de segurança, não lhe confere para que, conjuntamente como colegas ou não, o agrida(m) violenta e repetidamente e, depois, o sequestrem (não leia a letra “u” da última palavra) numa esquadra de polícia.
          As prerrogativas funcionais são meios de exercício da função pública, não são direitos. O seu exercício apenas confere mais responsabilidade aos seus titulares.
          É assim, sr. do nome estranho. É a Lei.
          Quando nasce e para todos.

        • sandra says:

          A pessoas que meten nojo falao sen saber pq isso nunca vois aconteceu pois eu ja vi muitas coisas e por ter visto e vivido que estou a falar mas da maneira que isto anda vosseses vao ver que estavao errados, nao me diga que o TONY , visinhos e amigos inventarao esta historia??? Mesmo que o tony disse_se alguma coisa que eles nao gostarao como e que os policias agriden um ser humano dessa maneira??? mas isso nao foi o caso do TONY e o homen respeitador nunca falto ao respeito a ninguem , pessoal pensei nos nossos filhos e familia nao feichei os olhos pq da maneira que isto anda qualquer dia nao podemos andar nas ruas ,

  16. valter says:

    parece-me que o Sr. Carlos Guedes não sabe o significado de opinião pública nem de liberdade de expressão, pois pelo que tenho aqui lido trata-se apenas dum sujeito que tem a sua opinião (pouco fundamentada), e julga todos os outros comentários dos escritores.
    se uma pessoa não vive uma certa realidade, não quer dizer que ela não exista, só porque não viu nenhum destes acontecimentos referidos acima, não quer dizer que sejam mentira.. se acredita em Deus e nunca o viu…. penso que percebe o que quero dizer.
    estas situações têm aumentado não só na Margem Sul mas como em muitos outros locais da Capital e de Almada, cada vez mais se assiste a agressões policiais, muitas delas injustificadas com aplicação de força desnecessária e abusiva.
    estes movimentos de extrema-deireita como TIMA refere têm apenas como objectivo “amedrontar” a sociedade, pois não há nada mais forte que o medo para travar um movimento que possa ser construído pelo povo face a várias situações apresentadas no País. Desta forma as pessoas sentem-se cada vez menos livres de falar ou comentar algum assunto com uma forma mais específica e directa, o que leva a uma Ditadura.

    • Carlos Guedes says:

      Nem vou tentar perceber ao que se está a referir. Opinião pública? Liberdade de expressão? Opinião pouco fundamentada? A minha? E a sua? Fundamenta-se em quê, concretamente? Tenho passado quase 24 sobre 24 horas a acompanhar este caso. Directamente! Este e outros! Que mais quer que lhe diga?

      • alexandra says:

        Pelo menos no campo da consciência, não se pode permitir espancamento algum a quem quer que seja por parte da PSP. Noutro campo, nada a dizer, pois não passamos de orfãos sem defensa numa sociedade que em balanço justifica atrocidades policiais. Como é possível não descompôr-se ante tão evidente tirania. Esta espécie (da qual faço parte), às vezes, parece não têr solução.

    • Baresi88 says:

      Leva não, porque nós já estamos numa Ditadura.

  17. pedro says:

    deviam enfiar uma bomba na esquadra , são uma cambada de chulos e andam atrás dos putos pra roubarem ganzas e de abuso gozam com os putos e se for preciso levam as ganzas pra fumar! e pra não falar que falam como querem , eu acho que o estado devia era tirar eles de santa marta e acabar com as obras dá esquadra nova , pra não haver abusos , que garanto quem n conheçe os policias que há em santa marta , nem acredita do que eles são capazes de fazer!

    • José Gabriel says:

      Atenção. Dizer que todos os agentes da PSP e/ou de quaisquer outras forças de segurança são racistas ou violentos, também é preconceito.
      Qualquer ser humano pode ter um dia mau. Esse ser humano pode ser um polícia ou um cidadão comum. Um e outro devem ser julgados e, demonstrando-se a sua responsabilidade, condenados.
      Podemos dizer que há agentes dessa esquadra que excedem o zelo. Talvez não possamos dizer que todos o façam. Um polícia honesto, culto e com bom senso não gostará de ser epítetado dessa forma. Se forem dois, ou três ou mais, pior.
      Um polícia ou um cidadão que não comete crimes não deve ser objecto da censura judicial, mas já o devem um polícia ou cidadão criminosos. Como um branco ou um preto honesto, como um preto ou um branco criminoso. Mas nenhum deles deverá ser considerado criminoso toda a vida por ter cometido um crime.
      Desculpem-me um certo tom paternalista, mas creio que a avaliação dos factos concretos não se confunde com generalidades.
      Quando se discutem factos, discutem-se circunstâncias de tempo, modo e lugar.
      É o que interessa discutir. O resto é boa vontade.

  18. Pedro Santos says:

    A história contada por comunas é sempre manipulada! Eu sempre vivi na margem sul, estudei em escolas problemáticas e até vivi bastante a realidade de um dos principais bairros sociais da margem sul, que é a “Jamaica” no fogueteiro. Eu não acredito, DE MANEIRA ALGUMA, que a polícia tenha começado a agredir o “Sr. Tony” assim que ele abriu o vidro ou a porta. A grande verdade, é que provavelmente, houve algum tipo de insulto, de resistência, de qualquer coisa, da parte deste senhor. Por mais de extrema direita que sejam os polícias (que é verdade que o são), nunca na vida actuariam desta forma, sem o menor pretexto; ou pelo menos, eu quero acreditar que não. Não digo que concordo com a atitude, este tipo de violência não se justifica, por mais insultos que tenham havido, mas “porra Guedes”, alguma coisa tem de estar mal contada, alguma coisa o Tony terá feito… Acredito que esteja mais dentro do assunto do que eu, e que provavelmente já acompanhou tantos casos, que não tenha o pensamento inocente de excluir a hipótese da agressão por agressão, mas temos de ser racionais, os polícias, por mais treinados que sejam, não são nenhuns bichos, tirando os da polícia de intervenção, que ficam cegos quando entram em acção.

    Cumprimentos

    • Carlos Guedes says:

      Gosto desse mundo onde você vive. Quer então dizer que bastaria ao Tony ter chamado «filho-da-puta» ao agente (que não chamou) ou ter resistido de alguma forma para justificar tudo o que se passou em seguida? A resistência, tal como o insulto, não existiu. Há testemunhas (várias) disso mesmo. O Tony estava com as mãos na nuca quando levou com o gás pimenta, pela primeira vez, nos olhos. A partir daí foi espancado até conseguir entrar no café. No café foi lavar os olhos com água, coisa que não se deve fazer pois apenas agrava o ardor provocado pelo gás pimenta. Sejamos racionais, sim. Mas sejamos, também, capazes de dizer que há agentes da PSP que não podem continuar a sê-lo. Para que os outros, os que ali estão e que cumprem a sua missão, possam voltar a merecer a confiança de todos e todas nós!

    • pedro says:

      pois , mas o senhor secalhar nao sabe o que acontece na esquadra e fora, so dentro da esquadra ouvimos pessoas a gritar , cá fora eles fazem o que querem , já vi andarem de mota a cometer contra ordenaçoes muito graves e no entanto quem pode dizer a eles que não podem ? ninguem , até ao dia que muita gente se passa e vai lá e fazem a folha que era bem mercido

      so quem mora em santa marta’ meu caso’ sabe o que é a zona com estes filhos da puta, sim porque são chavalos os policias que eu proprio já levei com eles, não se dão ao respeito de serem civilizados dá maneira que nos, cidadoes muitos damos ao respeito, eles gozam com as caras e a muitos pais acima de tudo não acreditam no que se passa por aqui, os meus pais ate já ficaram chocados com cenas que eles fazem

    • pedro says:

      pois , mas o senhor secalhar nao sabe o que acontece na esquadra e fora, so dentro da esquadra ouvimos pessoas a gritar , cá fora eles fazem o que querem , já vi andarem de mota a cometer contra ordenaçoes muito graves e no entanto quem pode dizer a eles que não podem ? ninguem , até ao dia que muita gente se passa e vai lá e fazem a folha que era bem mercido

      so quem mora em santa marta’ meu caso’ sabe o que é a zona com estes corruptos, sim porque são chavalos os policias que eu proprio já levei com eles, não se dão ao respeito de serem civilizados dá maneira que nos, cidadoes muitos damos ao respeito, eles gozam com as caras e a muitos pais acima de tudo não acreditam no que se passa por aqui, os meus pais ate já ficaram chocados com cenas que eles fazem

    • Baresi88 says:

      Já pensaste que és um tótó por pensares que os comunistas mentem para que acreditem nas histórias. E outra acreditares que a polícia não faria nada só por fazer, é incrível, porque deves viver num conto de fadas, ou seja numa redoma capitalista que te faz ser anti-comunista, logo acreditares que são uns mentirosos e que a polícia nunca fazia tal coisa… imagine-se o que pensas sobre o resto.

    • José Gabriel says:

      Este rapaz faz-me lembrar a reacção do povo alemão perante o incêndio do Reichtag pelos “nacional-socialistas” do Adolf Hitler. Acedita sempre que a culpa é dos outros porque outros lhe dizem que é e já está habituado a acreditar nestes há muito tempo.
      Procura nas bancas o “Processo de Leipzig”. “Mete” comunistas, ou “comunas”, como dizes.
      Se não te interessar por “meter comunas”, lê uma de várias obras baseadas no caso Dreyfus que vai dar ao mesmo, com o “Papillon” ou “O Conde de Montecristo”. Também há em filme!

  19. Tiago says:

    entreguem estes policias a paisana a policia…! é o que merecem. (o mesmo tratamento)

  20. Pingback: Polícia Municipal está a despejar São Lázaro contra a inteligência, as ideias e a ordem do Tribunal. (Em actualização permanente) | cinco dias

  21. joão costa says:

    Esta história está muito mal contada!

  22. xana says:

    por amor á santa eles mereçem o mesmoo tratamento..isto nao é brincadeira nenhuma para ser sincera..eles sao pessoas normais porque que tambem nao pagam pelas coisas que fazem? é porque usam farda?sinceramente mas batem por tudo e por nada so porqe fazem parte das autoridades!

  23. Diana Pinto says:

    Infelizmente não é o unico nem será o ultimo. Moro na Margem Sul e conheço bem esta realidade. Tenho pena pois é a minha terra, a terra que eu amo.

    Tony siga em frente, a justiça estará do seu lado.

  24. Pingback: Casos de Policia « O Insurgente

  25. parapa says:

    Dizem que a psp são pagos para manter a segurança na sociedade…mas não eles são uns coninhas fardados armados em gangstars…mas são diferentes se matas um tens a vida feita em merda…se eles matam um de nós tem várias regalias hummm…..eles parecem hiénas so atacam em grupo….encarar sozinho algumas situações esta quieto o cú treme…

  26. Maria Helena Rio says:

    Carlos Guedes: pelo texto não percebi se existe outro post com a história completa dos factos, se ainda não sabe todos os contornos do que se passou, ou se foi mesmo isto que aconteceu. É óbvio que nada justifica a violência que existiu por parte dos polícias, mas acho que faz sentido contarmos esse tipo de histórias com todos os detalhes possíveis.

    A polícia, do nada, começou a agredir o Tony? Foi só isto que aconteceu?

    • Carlos Guedes says:

      Basicamente, sim.

      • filipa duarte says:

        O que realmente fazia falta era que o sr Guedes fosse trabalhar coisa que nunca fez na vida. Algo de útil que não alimentar futilidades e esconder-se em seguida atrás de quem o protege.
        É preciso que alguém argumente por ele que nem para isso serve.
        O único argumento é de facto o ataque!
        Tenha vergonha!

        • Carlos Guedes says:

          A Filipa será capaz de dizer de onde conhece o meu CV? E, já agora, onde me escondo eu? E quem me protege?

          • filipa duarte says:

            Obrigada, só me vem dar razão! Tenha vergonha e sobretudo consciencia

          • Carlos Guedes says:

            Razão a quê? Sinceramente não a percebo? Incomoda-a a minha indigência? Sabe assim tanto sobre isso? E devo ter vergonha de quê, especificamente?

          • filipa duarte says:

            Sei mais do que possa imaginar!
            Não percebe porque não quer!
            Não adianta ser especifica porque a moderação que faz não teria coragem para publicar o que teria a dizer de si especificamente e ficaremos por aqui!

          • Carlos Guedes says:

            Pode sempre tentar. Não imagina as coisas de que sou capaz! E raramente censuro comentários!

          • filipa duarte says:

            Não preciso de imaginar! Eu sei!
            Sei também as que não faz. Mas devia!
            Mas como já referi, fiquemos por aqui!

          • Carlos Guedes says:

            Desilude-me! Estou mortinho por saber alguns dos meus «podres»! Ande lá com isso! Não se fique pela simples ameaça!

  27. Pingback: «Eu não quero vingança! Eu quero que se faça justiça!» (2) | cinco dias

  28. Nairy says:

    O que tenho a dizer e o seguinte, independentemente do que fez ou disse o “tony” tal tratamento nao se justifica em circumstancia alguma. Se resistiu as autoridades, se desobedeceu as ordens dadas pela policia ou se cometeu qualquer outra infraccao o caso deveria ter sido conduzido com profissionalismo da Policia. Nada que o tony possa ter feito justifica a forma como se desenrolou este incidente. E realmente preocupante Pensar k agentes responsaveis pela seguranca e proteccao Publica possa cometer esta brutalidade. Volto a frisar, nao sei o k fez ou o k disse o Tony, mas nada que tenha dito ou feito justifica tall tratamento. NADA

  29. Luis BF says:

    Tipicamente os elementos que compõem a PSP são gente frustada pelas mais diversas razões. Os exemplos demonstrativos da sua inegável incompetência repetem-se todos os dias. Este é mais um que envergonha Portugal. Estes agentes deveriam experimentar a ira da Polícia Nacional de Cabo Verde e aprender que a violência injustificada é a arma dos cobardes.

    Onde a sua actuação é necessária, não ousam entar encudando-se nas mais ridículas desculpas…

    Deixo um abraço ao Tony e a certeza de poder recorrer a mim se assim o desejar.

  30. sandra says:

    Eu tenho fotos do meu tio que foi assasinado na cadeia pinhal da cruz eles disserao que ele enforcou-se quando fomos buscar o corpo ele tava cheio de noduas negras pelo corpo todo na testa dele tinha uma grande nodua negra um lado das costelas estava pa dentro tinha cortes no corpo e o pescoso nao tinha nada tenho fotos e imagens para quem quisser ver pedimos ajuda ninguem nos ajudo ligamos pa sic ,tvi rtp1 para ver se nos ajudavao mas ninguem nos deu a mao , alguem penso na familia dele? na mae, filha e mulher claro que nao AGORA os mentirosos somos nos e tapau os olhos aos otarios e continuao a praticar esses crimes a 6 meses que isso aconteseu nen da para acreditar cCRIMINOSOS A PUNIR CRIMINOSOS isso e pa rir parese novela .

    • Isa Monteiro says:

      Isso é mesmo horrível Sandra, sabes que com o meu irmão fizeram praticamente como fizeram com o Tony, tiramos fotos, fizemos queixa diretamente no Ministério Publico…. mas infelizmente não tínhamos nenhuma testemunha credível, era tudo membro da família e vizinhos do bairro….. ou seja eles deram a volta ao caso dizendo k meu irmão ameaçou lhes com o cão, bla bla bla bla…. tudo isto para dizer k o Tony tem de ter um bom advogado para ajudar lhe neste caso, porque testemunhas já vi que tem bastante, nos prédios não é como no bairro…. e claro terá ajuda de todos os amigos e conhecido, pessoal tem de juntar se e fazer uma manifestação, chega dessas injustiças…..

      • sandra says:

        Isa to contigo uma manifestacao e boa ideia eles tao a presisar chega de escrever vamos para as ruas…

  31. anonimo says:

    policia inseguranca publica, merciam era uma granada dentro da esquadra andavam ali a bater no homen tds contentes enquantos as mulheres tavam com o amante em casa.

  32. LEILA KARSANDAS ROSADO says:

    ISTO É QUE CHAMAMOS DE POLICIA DE SEGURANÇA PUBLICA,PARA MIM A UM ENGANO QUANDO A ESCOLHA DO NOME DESTA AUTORIDADE,,,AGORA TENHO A CERTEZA QUE O NOME MAIS CORRECTO SERAÁ NO FUTURO PROXIMO OS MARGINAIS COM DIPPLOMA DE AUTORIDADE ,,,,SIM PORQUE JÁ TEU PARA COMPROVAR COM ESTE BRUTAL ABUSO DE ESPANGAMENTO SEM MOTIVO AO CIDADAÕ TRABALHADOR CORRECTO E HONESTO, QUE NINGUEM PENSE EM CONTAR COM ESTE TIPO DE AGENTE PARA NOSSA DEFESA,,,O MAIS QUE IRAM FAZER É NOS MATAR E DEIXAREM OS VERDADEIROS BANDIDOS A SOLTA , QUE FAZ PARECER E DEVE MESMO SER É QUE SAÓ TODOS DO MESMO GRUPO,,,BANDIDOS E AGENTES DE AUTORIDADE A UNICA DIFERENÇA É QUE O AGENTE TEM DIPLOMA E É AUTORIZADO E O BANDIDO DECLARADO NAO TEM DIPLOMA E AUTORIZAÇAO DO GOVERNO,SENTO ASSIM UM DIA SERA COMO EM AFRICA JUSTIÇA PELAS PROPRIAS MAOS ..PENEUS NO PESGOSO ARDER DA AUTORIDADE QUE AGREDIR O CIDADAO SEM MOTIVO OU MESMO COM MOTIVO .TEREMOS A GUERRA QUE ELES ESTAO A PROCURA,,OU ENTAO O RETALHAMENTO DOS MESMOS COM AS SUAS FAMILIAS ESPANCADAS OU MORTAS..ACHO QUE ELES DEVEM COMEÇAR A PENSAR O QUE SERA MELHOR ,,,,

  33. sandra says:

    Isa Monteiro nen imaginas que pesadelo que a minha familia esta a passar nen a um animal merecia o que aconteceu com o meu tio de 31 anos, concordo contigo en fasser uma manifestacao temos que deixar de escrever e agir pq tenho a certesa que o povo unido jamais sera vencido pessoal ajuden nao feicha os olhos os nossos filhos precisao de policias honestos nao criminosos daqui ums anos ja pode ser tarde …

  34. djonny says:

    esses merdas teem uke merecem ta guardado
    fazem isso ah pessoas inocentes fora us otros
    nu sta pronto pa guerra se eh isso ki es kre
    en sta la firmeza pa tonyy rapeipoz nu sta djunto nessa…..

  35. Pingback: «Eu não quero vingança! Eu quero que se faça justiça!» (3) | cinco dias

  36. Jorge Matos says:

    O governo está a criar um sistema policial não para defender os cidadãos, mas para defender um governo corrupto e angariar multas de toda a espécie e feitio, para engordar os tachos de burocrátas que estão sentados nos seus gabinetes sem fazerem a ponta dum corno, e defenderem o sistema capitalista que está a minar a democracia do país; como eu costumo dizer: «governo, policia e cães de caça é tudo a mesma raça»

  37. Mendes says:

    filhos duma granda puta, foram tocar no meu primo,isso é só dor de cotovelo por ele ser um homem honesto, trabalhador sem cadastro e leva a vida k leva na descontra, nao teem por onde pegar a azia ja lhes subiu aos cornos, e mais nao digo sobre ele, ah e eles sao sim senhor uma cambada de racistas filhos da puta de extrema direita e estao cada vez mais, sei do k falo. e esses cabroes do mundo cor de rosa que estao ai a comentar preferem estar com a cabeça enfiada no cu do k a ver a verdade. estamos juntos primo

  38. lili says:

    FILHOS DA PUTAS ELES MERECIAO ERA UMAS PAULADAS NO CU E SEREN CORTADOS AOS PICADINHOS ESSES MERDAS SAO PIORES QUE OS BANDIDOS QUE ANDAO NA RUA, ELES SAO HOMENS FARDADOS SEM FARDA NEN MERDA SAO CAPAZES DE SER FICAO ESCONDIDOS DEBAIXO DAS SAIAS DAS MAES RIDICULOS NAO MERESEM RESPEITO ALGUM, DIZEM NAO SAO TODOS MAS MUITOS VE E CONSENTE ELES SAO TODOS UMAS MERDASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    • patricia says:

      eu sou branca com filhos negros e esses filhos da P….. sao uns grandes racistas …….
      eu todos os dias rezo quando o meu filho vai ter com os amigos ou vai jogar bola porque aos olhos deles sao putos que fazem merda …….. é verdade que á muita criminalidade … mas a maior criminalidade sao os brancos que estao no poder os que tem dinheiro esses sim é que deviam de ficar nesse estado …….. sera que ha alguem que meta mao? e o nome deles e policia da desgraça publica …..

  39. Luís says:

    Alguém vai fazer alguma coisa?!
    Será preciso começarem a sair pessoas a rua a disparar para todo o lado até começar alguma atitude por parte da população!?!?!? REPAREM, NÓS NÃO ESTAMOS NA IDADE MEDIEVAL, EM QUE OS GUARDAS DO REI (POLICIA ACTUAL) FAZIAM O QUE QUERIAM COM O POVO. Vocês acham mesmo que se não se tomar nenhuma medida, eles não o vão repetir!? são humanos com algum poder, santa ignorância, eles vão abusar cada vez mais, EXIJO UMA MEDIDA POR PARTE DO NOSSO ESTADO!
    E pessoalmente, já tenho medo de passar pelas autoridades, não sei o que pensar dela.

  40. Luís says:

    Só estou mortinho por apanhar uma manifestação à seria, onde estes porcos se metam, acho que desta vão cair.

  41. sandra says:

    Luis concordo contigo temos mesmo que ir pas ruas se nao esses criminosos fardados nao vao parar temos que fasser uma manifestacao para limpar esses covardes das ruas pq se nao tamos fudidos ,nao valen nada esses gajos mereciao era o mesmo trato …

  42. LILI says:

    Sandra aqui nao se pode falar de manifestaçao que o povo foge eles so sabem cantar de galo falao falao e nada fassei .

  43. Incognita says:

    As manifestações têm que as fazer na vossa terra, não é na terra dos outros, eu acho muito estranho é que este tipo de acontecimentos nunca acontece com habitantes que não sejam de etnia cigana ou que sejam descendentes de países africanos ou ainda que sejam ucranianos, eu que sou totalmente contra o racismo consigo reparar que se calhar o problema não está todo na policia, que está mais na ideia que as pessoas têm, que têm todo o direito de falar como querem, que fazem o quer querem, e que são Reis de tudo, e talvez neste caso estes policias habituados à indisciplina que a maior parte traz para Portugal agem perante alguns inocentes da mesma forma que agem com os que se acham donos de tudo.

  44. Pingback: Isto tem que acabar! A violência policial fez mais uma vítima no concelho do Seixal. | cinco dias

Comments are closed.