Vai-se acabar paz social!

Passei a Primavera Global nas Asturias, numa manifestação de 10 000 pessoas. Aquilo que a televisão se esforça por passar como um grupo freak e marginal, é na verdade a vanguarda de um movimento que engloba de netos a avós e que questiona, com poucos meios organizativos e financeiros, o capitalismo. Lá como cá ouvi «Não é a Crise, é o Capitalismo», «Esta crise não a Pagamos», «Esta dívida não a Pagamos», «É o banqueiro quem deve aqui dinheiro». Registei também esta palavra de ordem, que guarda em si 50 anos de história: «Vai-se acabar, vai-se acabar a paz social». Lembrei-me desta simpática palavra de ordem hoje de manhã quando li esta notícia no Diário Económico: Automóveis de luxo ganham quota em Portugal durante a crise. A BMW e Audi vendem mais carros que Opel, Ford, Citroen ou Fiat, uma situação histórica e nunca antes constatada.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

Uma resposta a Vai-se acabar paz social!

  1. Baresi88 diz:

    Enquanto uns empobrecem a uma velocidade vertiginosa outros enriquecem, e portanto ficam com o poder para viverem uma vida mais luxuosa.

Os comentários estão fechados.