Ouvi dizer…

Do alto de todos os anos durante os quais foi militante dos mais diversos partidos de toda a Esquerda lusa, o Rui Tavares brinda-nos com o comentário-fácil-do-dia:

«dentro dos partidos em Portugal não há democracia»

Consigo vislumbrar o fino recorte de ironia contido no facto de ser, esta crítica, dirigida aos partidos… por um anarquista!

Dando de barato o factor ouvi dizer que que está bem patente no singelo comentário, pergunto-me-lhe se foi em respeito pela democracia partidária que tão galhardamente defende que o estimado Rui Tavares se apropriou do mandato de deputado do Parlamento Europeu para o qual foi eleito nas listas do Bloco de Esquerda.

Não se arranja um partido ao anarquista?

De positivo nisto tudo só consigo ver o facto de me ter proporcionado uma oportunidade para postar uma das melhores músicas que conheço. E conheço mais de cinco.

Eu, que nunca morri de amores pelo Rui, declaro que «o nosso amor acabou»! Ouvi dizer…

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

7 Responses to Ouvi dizer…

Os comentários estão fechados.