A “ajuda” que destrói

Em Maio de 2010, a Grécia solicitou um empréstimo à troika que entenderam adjectivar de ajuda externa. Dizia-se que o país estava a poucos meses de deixar de conseguir pagar salários. Hoje, depois de dois anos de “ajuda” e uma eleições em que os partidos da troika saíram derrotados, diz-se que já não têm dinheiro para daqui a umas semanas.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

10 respostas a A “ajuda” que destrói

  1. Pai dos Povos diz:

    Mas o Tiago não acredita. Ele tem fortes suspeitas que, escondidas algures sob o Pártenon, a Grécia tem enormes reservas de dinheiro. E mesmo que se venha a verificar que tal reserva não existe há sempre o recurso à plantação da árvore da pataca, aquela espécie botânica que a esquerda anti-troika considera como a alternativa à ajuda externa.

    • De diz:

      Sorry PP.
      Ler a notícia mais uma vez para ver se percebe.

      Porque será que um troikista anda a falar na árvore das patacas? Será como referência longínqua à visão que a Goldman Sachs tinha da Grécia?
      E porque será que um troikista anda a falar na Grécia como se quem a governou não tivessem sido os mesmos cúmplices da troika? Será para justificar a hecatombe que estão a provocar aos gregos?
      “Ajuda”?
      Terá sido “ajuda” o que os PP da ocasião consideraram aquando da invasão do Iraque pela soldadesca imperial?

  2. silva diz:

    O 1º Ministro nunca fez nada na vida tudo lhe veio parar ás mãos, investigue o despedimento coletivo do Casino Estoril e veja como se despreza as pessoas profissionais para benificiar administrador com pele de cordeiro.

  3. JgMenos diz:

    Entre os milhares de motivos porque se esvai o dinheiro, culpa-se a entrada de dinheiro pela sua saída!
    Estou de acordo, o problema é entregarem dinheiro à Grécia. Parar Já!!!

  4. CeC diz:

    As afirmações da extrema-esquerda grega, certamente não terão ajudado a creditar a própria Grécia. Não deixa de ser gritante a irresponsabilidade de alguns indivíduos que fazem afirmações sem terem noção do efeito que tal terá nos próprios mercados, e a posteriori na economia nacional.

    … até me faz lembrar um sujeito, também de esquerda, que por cá anda.

  5. Manel diz:

    Os partidos da troika em Portugal, os que votaram a extorsão e o pacto de exploração na grecia também têm responsabilidades.

    http://youtu.be/q6entEBVC6U

    PSD,PS,CDS,BE

  6. Miguel diz:

    Ah mas isso para o Bloco não tem problema nenhum eles aprovaram essa “ajuda” aos gregos, não percebo é porque é que a mesma receita para Portugal para eles já não serve, será por oportunismo eleitoral?

Os comentários estão fechados.