Uma oportunidade para demitir Passos Coelho?

“A cultura média é de aversão ao risco.

A generalidade dos licenciados (…) preferem ser trabalhadores por conta de outrem do que empreendedores.

O sucesso também se faz com o insucesso.

Despedir-se ou ser despedido não tem que ser um estigma, tem de representar também uma oportunidade para mudar de vida, tem de representar uma livre escolha, uma mobilidade de própria sociedade. Não temos emprego para a vida inteira…”

No Negócios (com vídeo), no Expresso, na Agência Financeira, no Público e nos noticiários da Antena 1.

Actualizado com a resposta à altura, mais rápida que a sombra do Passos Coelho, do Ministério da Verdade.
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

85 Responses to Uma oportunidade para demitir Passos Coelho?

  1. Zuruspa says:

    Enquanto isso, no mundo real:

    Auto- emprego na OCDE:

    Greece 30,1 (calöes do Sul)
    Turkey 29,1 (calöes de Mafoma)
    Mexico 28,5
    Korea 27
    Italy 24,9 (calöes do Sul)
    Portugal 23,5 (calöes do Sul)
    Poland 20,4
    New Zealand 17,8
    Ireland 16,6
    Spain 16,5
    Czech Republic 15,3
    Iceland 14,1
    Belgium 13,6
    Hungary 13,3
    United Kingdom 12,7
    Slovak Republic 12,6
    Australia 12,6
    Finland 12
    Austria 11,8
    Germany 11,2
    Netherlands 11,1
    Japan 10,2
    Sweden 9,6
    Switzerland 9,3
    Canada 9,2
    France 8,9
    Denmark 7,8
    Norway 7,1
    United States 7,3 (paraíso do empreendedorismo)
    Luxembourg 6,5

    http://www.oecdobserver.org/news/fullstory.php/aid/1988/OECD_in_Figures_2006-2007.html

    • De says:

      Muito boa essa malha.

      Passos a tentar passar para os desempregados a “culpa” pelo facto de o serem.
      Não é um fdp porque a mãe não tem culpa daquilo que o filho é.
      Mas todo o conteúdo do termo está nele encerrado

      • Samanta do Sol says:

        Mas alguém de boa fé e espírito limpo, pode dizer que o ouviu responsabilizar os desempregados, por se encontrarem nessa situação ? Será que a politiquice pode ser posta acima da verdade ? A que ponto chegámos ! Que “CRISE”, mas que “CRISE”, existe na ideologia, que prefere viver e fazer crer no facilitismo irreal e impraticável, a enfrentar a realidade, pondo a honestidade, a verdade do momento, ao serviço do bem comum, construindo em vez de destruir. Em 5 dias, podem abrir os olhos e a mente.

        • De says:

          Quem diz o que Passos diz, merece mais do que uma resposta torta.
          Desculpe mas os hinos bafientos a cheirar a bolor passaram o prazo de validade.Até mesmo alguns companheiros de caminhada de Passos acham que foi longe demais.
          Quem o não reconhece deve andar ou noutro mundo ou neste, a tentar perpetuar esta coisa imunda

    • Gentleman says:

      O que se esqueceu foi de caracterizar que “auto-emprego” é esse. Agricultura de subsistência, mulheres a dias, etc. são exemplos de auto-emprego. Porém, não se poderão propriamente considerar exemplos de empreendedorismo.

      • Renato Teixeira says:

        Há um vão de escadas à espera do empreendedorismo do Gentleman e do Passos Coelho. Chispem! Façam-se gente antes de insultar meio país sem pingo de vergonha na cara.

        • Gentleman says:

          Um dos (muitos) problemas da esquerda é a emotividade e, consequentemente, o déficit de racionalidade na análise da realidade.

          • De says:

            Eram os fascistas espanhóis que entoavam os “Viva la Muerte”
            enquanto fria e racionalmente (durante e após a guerra civil) executavam os partidários da República

            Um vómito

          • Baresi88 says:

            O mal da direita é serem pior que uma praga de ratos e de mosquitos em África. Espero que algum dia tenham salvação possível, que por enquanto só dizem bosta e viverem é um atentado à liberdade, e à humanidade.

      • De says:

        gentleman ou a versão mulher a dias de passos.
        Estes gajos perderam o direito a terem maiúscula no nome.

        A canalhice tem limites.Isto é um desaforo para quem é cilindrado pela sociedade ridente dos passos gentlemen do nosso país.

        Eis o curriculum vitae do “empregado” do Angelo Correia
        http://avaria.no.sapo.pt/cv_ppc.pdf
        e alguns dos “negócios” do empreendedor passos:
        http://luminaria.blogs.sapo.pt/309113.html

        (A canalhice tem de facto limites?gentleman e passos estão apostados em mostrar que a não tem)

      • antónimo says:

        O lambebotismo também é empreendedor, Caro Gentleman. E, em regra, altamente mais recompensador.

    • um gajo qualquer says:

      ahahahahah!
      Badum…

      Incha ganda porco (qual coelho qual carapulça!)

  2. Guilherme da Fonseca-Statter says:

    O violino neoclássico de tudo estará bem no melhor dos mundos possíveis se as pessoas se comportarem como dizem os modelos deles… Terá o dito cujo «conejo» alguma vez ouvido falar de «Economia Política»?… e da sabedoria dos antigos que chamavam atenção para a tendência do sistema (tal como é, não como ele o idealiza) para a crise?…

  3. Rui Pires says:

    SIM! imediatamente…

  4. Gentleman says:

    O que Passos Coelho afirmou é irrefutável. A mais pura verdade.

    • Renato Teixeira says:

      Pois então que se junte a ele e diriga-se a um centro de emprego para dizer isso olhos nos olhos a quem vive essa situação. Hipócritas e provocadores de merda. Puta que vos pariu.

      • Gentleman says:

        Mas afinal, em que é que concretamente o Renato discorda de Passos Coelho?

        • De says:

          “Empreendedorismo – termo que designa, no linguajar do sistema, a vontade de ser patrão. Na verdade, visa responsabilizar os trabalhadores pela criação do seu próprio emprego.
          Se não tem emprego, é porque não foi empreendedor. ”
          (Império Bárbaro)

          A espiral do desemprego que a política destes canalhas tem provocado.Com responsabilidade directa da troika.
          http://economia.publico.pt/Noticia/medidas-da-troika-explicam-a-subida-recente-do-desemprego-portugues-1541393
          Este,como alter ego de Medina Carreira,tem que ocultar isto.Por todos os meios.Até recorrendo à provocação barata.

        • antónimo says:

          Como qualquer pessoa sensata, o Renato Teixeira sabe que o mercado português é fechado e reduzido; que a Banca não o financia pois usa os juros de 1% para investir a 13 % no Brasil; está dominado pelos donos de Portugal, melos, champallimauds, espíritos santos e soares dos santos; que os salários baixíssimos não permitem ter clientes de produtos de valor acrescentado; que a percentagem de desempregados (sim, um banco português está neste momento a despedir 400 quadros e a contratar outsourcings, atirando os custos da sua compressão salarial para cima dos contribuintes), reduz ainda mais os clientes potenciais e podia ir por aí fora que nunca mais parava.

          • Pai dos povos says:

            Típica conversa de sindicalista…
            Portugal oferece muitas possibilidades. E a prova está aí nas centenas de empresas que lutam contra uma conjuntura económica adversa, se internacionalizam e prosperam.

          • De says:

            PP
            Patrão a tentar justificar o Passos?
            Ou o próprio Passos a tentar justificar o patrão?
            Está certo Patrão-Passos

    • antónimo says:

      Então porque sempre viveu ele à sombra dos empregos que lhe foram arranjados pelo seu padrinho político, Ângelo Correia?

      Xispem como os Bentos, Correias Guedes ou a ex-namorada, filha do madeireiro, parasitas ingratos.

      • Gentleman says:

        O facto de Passos Coelho não ter um curriculum pessoal de empreendedorismo, não faz as suas supra-citadas afirmações menos verdadeiras.

        • De says:

          O facto de um pulha ter as qualificações que tem realça a hipocrisia inaudita do fulano em questão.

          Mas a questão é bem mais funda.A questão é profundamente ideológica.A questão contribui para a separação das águas entre o neoliberalismo de um Friedman (escoltado por Pinochet) e a dignidade cidadã.

          Não é por nada que gentleman,que tem aparecido ocasionalmente para marcar a sua posição,não larga hoje o osso.Ele sabe que tem que tentar esconder um pouco a política da canalha neoliberal que nos governa.E abordar este assunto como se se tratasse tão somente de uma conversa de tias ( ou tios) na tasca do tio Soares dos Santos ou do primo Barreto.
          Como se tudo isto não passasse de trivialidades.
          Basta

        • Daniel Martins says:

          A presunção de empatia é um manifesto exagero, portanto.

        • Nunca me engano,raramente tenho dúvidas-no país do filósofo do leme says:

          Que verdade!O subsidio estatatal a uma forma que não ‘assiste’ á Humanidade,nem no material,qto mais…
          http://resistir.info/ecologia/daly_08mai12_p.html

    • Nunca me engano,raramente tenho dúvidas-no país do filósofo do leme says:

      Sim,p.ex. na India,´e o reino do ‘emprreendedorismo’ é uma estória de sucesso.abraço ao dias loureiro,oliveira costa,ao jardim gonçalves-exemplos máximos do xuxesso.Bom fim de semana na aldeia da COELHA!

    • Joaquim Patrício says:

      Gentleman… uma merda!

    • Baresi88 says:

      A mais pura das verdades é que vossa brochelência é um mentecapto, um fascista mal parido.

  5. Gentleman says:

    A esquerda radical sempre colocou muita ênfase no contributo do factor trabalho (assalariado) para o desenvolvimento, descurando por completo o contributo do factor empreendedorismo. E esse é um dos seus erros-base. Com efeito, o empreendedorismo tem um papel bem mais importante no desenvolvimento do que o trabalho.
    Por exemplo, a Apple tem milhares de profissionais altamente qualificados e competentes. Mas isso, por si só, de pouco valeria sem o empreendedorismo de um homem, Steve Jobs. Sem a ousadia, a visão, a capacidade de arriscar, a capacidade de pôr aqueles profissionais talentosos a trabalhar para um determinado objectivo por ele idealizado, não teria sido possível uma empresa à beira da falência ser transformada, em menos de 15 anos, na mais valiosa da História. Um esquerdista radical não compreende isto. Por isso é que ele é um esquerdista radical que provavelmente nunca criará um emprego na vida.

    • De says:

      O béu-béu dos canalhas a defenderem-se das suas responsabilidade no aumento do desemprego em Portugal
      Sorry gentleman.O nome aos bois (neste caso aos boys?).
      Sempre

    • antónimo says:

      Ao lado de São Estevão Jobs, alinham-se os suicidados da sua fábrica chinesa, orgulhosos de terem contribuído para o sucesso do dono, e com eleve inveja de não terem tido o olho pó negócio do gajo.

      A mim o que surpreende é como é que este pessoal tanto elogia os empreendedores, esquecendo-se é que se dermos todos em empreendores depois não fica ninguém para trabalhar para nós.

    • Rumor says:

      Ao fim de 60 anos de conhecer gente, conheço:
      - «empreendedores» que se deram mal e faliram – a prova está feita.
      - «empreendedores» que apreenderam a coisa alheia e se deram bem – a prova está feita.
      - trabalhadores brilhantes que trabalharam para outrem e se deram bem – a prova está feita.
      - trabalhadores brilhantes que trabalharam para outrem e acabaram no desemprego e na miséria – a prova está feita.
      - trabalhadores incompetentes que se safaram – a prova está feita.
      - trabalhadores incompetentes que foram postos na rua – a prova está feita.
      Mas onde raio está a prova de que, se não houvesse (vamos chamar os bois pelos nomes, ok?) patrões, não haveria computadores?! Que raio de ideia mais estúpida.
      Ele realmente há gente capaz de dizer não importa o quê para levar a água ao seu moinho…

      • Pai dos povos says:

        Se não houvesse patrões haveria alguns computadores pouco evoluídos em algumas instituições do estado e pouco mais. Seria um atraso a todos os níveis. No bloco soviético foi dada a possibilidade de algumas pessoas terem computadores domésticos apenas para tentarem acompanhar as tendências que vinham do Ocidente. Mas esses computadores eram, quase todos, cópias de modelos ocidentais.

        • De says:

          Eis o “Pai dos Povos ” a mostrar que de facto o assunto é “quente”. O desmascarar de Passos faz nascer outro sucedâneo.
          Aparece em defesa do patrão.
          Patrão?
          “A realização de trabalho depende exclusivamente da disponibilidade de mão-de-obra e de meios de produção. A existência de um explorador, de um patrão, não entra sequer na equação.”
          “Sem Patrão, não pode trabalhar”,dirão os sucedâneos do PP. Na verdade, se o trabalhador não trabalhar, não pode haver patrões.
          Sorry PP

          • Pai dos Povos says:

            Mais outro simplório…
            Este com um pouco mais de serradura na zona que devia ser ocupada por miolos.

          • De says:

            PP:
            A pedantice a sair-lhe de entre as orelhas enquanto fala em simplórios?
            PP,lastimo mas a frustração reconhece-se ao longe.
            Não deu para “vender” os seus patrões.É que não existe trabalho porque existem empresas, existem empresas porque existe trabalho.

          • Nunca me engano,raramente tenho dúvidas-no país do filósofo do leme says:

            patrão=dono,de

          • Pai dos povos says:

            Ó “De”, desse bloco de serradura sai alguma informação relevante sobre o assunto em discussão? Ou podemos também falar sobre pesca à linha?…

          • De says:

            PP.
            A pedantice confirmada a sair-lhe de entre as orelhas.
            O gesto “simplório” a etiquetar outros como “simplórios” e a grasnar quando recebe de volta com o troco adequado

        • Baresi88 says:

          Quando foste Parido, dizes tu Pai dos Povos, (nenhum Pai dos Povos pode ser tão estúpido e ignorante) a tua mãe tirou-te os neurónios, ou ficas-te parado no tempo e a sonhar com Salazar e Caetano, e agora tens um gajo parecido e até tens sonhos molhados com eles. Eu se fosse a ti ia beijar o rabo ao Passos, ias lá para casa dele, assim com as mãos e os pés no chão, levavas o osso, ah já fazes isso, porque és um pau mandado, um coiro fascista que ouve o dono e fica todo doido. Pobre coitado. Nem no hospital dos malucos.

    • Caxineiro says:

      Está a ser injusto gentleman
      Então, e as dezenas de pessoas que puseram este blog à sua disposição não são Empreendedores?
      Os profs que diáriamente trabalham em prol de seus alunos não são empreendedores?
      Os operários que procuram tirar o máximo rendimento das máquinas obtendo assim um REAL aumento de produtividade não são tambem empreendedores?
      Ou só é empreendedor quem explora o trabalho dos outros?

    • Nunca me engano,raramente tenho dúvidas-no país do filósofo do leme says:

      e O EMPREENDEDORISMO PORTUGUÊS HÁ ANOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOS QUE É SUBSIDIADO P’ELO MALVADO ESTADO!E como ninho de todas as corrupções,vigaríces, de facto é muito profícuo.O esquema de Ponzi é de uma ‘genialidade’ matemática.O gajo do sem pingo doce de veergonha,é um Nókia portuga.E,as rolhas ,quem diria,dão muito dinheiro-é bué de imaginação e de trabalho(para os outros).Ah! as guerras tb são uma s boas oportunidades de negócio…VAI-TE CATAR.

      • Pai dos povos says:

        Se sabes tanto porque é que não fazes melhor?
        Ou será que, no fundo, não passas de mais um entre muitos paleantes de tasca que manda muitos bitaites mas nunca fez nada de jeito na vida?

        • De says:

          PP revela-se um mau carácter.
          ” nunca fez nada de jeito na vida”…diz PP.
          Mas é assim que ele trata o patrão Coelho?
          (embora seja verdade que Passos Coelho nada de útil fez)

        • Baresi88 says:

          Pai dos Povos, qualquer pessoa inteligente, respeitadora, integra, e que luta pelo povo faria muito mais que tu. Que tu só serves para teres sonhos molhados com este sistema fascista e explorador, e dizeres sim senhor ao teu dono Pedro Passos Coelho. Se ele diz osso, tu vais buscar, tu e todos os outros como tu, do PS PSD e CDS, perdão União Nacional!

    • Cidadão Comum says:

      A doutrina de direita sempre gostou de reescrever a história e doutrinar os seus vassalos em crentes fanáticos. Para quem acredita que a Internet é uma invenção do Bill Gates, ou que Steve Jobs é o génio informático por de trás da Apple, recomendo o documentário Triumph of the Nerds. Pode ser visto aqui:

      http://www.youtube.com/watch?v=CFL9IyJ_qHk
      http://www.youtube.com/watch?v=IbRmaIzGTOM
      http://www.youtube.com/watch?v=n1Bg461mnN8

      Por acaso sabia que não é a Apple a dominante do mercado. Sabia que é o Android e não o iPhone que domina tendo o primeiro origem no Linux, sistema este baseado nas COMUNIdades universitárias?

      Das duas uma, ou você anda a tentar vendar a banha da cobra como o , e não lhe estou a dizer nada de novo, ou então, é mais um triste crente que apesar de agora favorecer com essa crença vai provavelmente ser mais um dos muitos surpreendidos, para o melhor ou para o pior conforme a sorte que tiver, do futuro REAL que se avizinha.

      • Pai dos povos says:

        Errado. Desde há muitos anos que a maior parte do desenvolvimento do Linux é realizado por empresas privadas. As universidades pouco ou nada contribuem. Então o Android em particular ainda mais: é quase totalmente desenvolvido por empresas privadas (Google sobretudo).

        • Cidadão Comum says:

          Por isso é que Linux vem de Linus, essa multinacional muito conhecida. Para vocês dizer ERRADO responde logo a questão. Mas mesmo as empresas que se aliaram aos vários projetos não são feitas de um homem como quer fazer querer. Basta pensar na IBM que tinha um código de conduta interno que valorizava a fidelidade à empresa acima de tudo, incluindo o tal empreendedorismo, basicamente, um estado dentro de um estado. Já agora, sabe o que significa GNU?

          • Cidadão Comum says:

            querer = crer

          • Pai dos povos says:

            Vê-se que percebes muito pouco do assunto. Não é nada que não se consiga resolver, bastando para tal uma meia dúzia de pesquisas na Internet. Já quanto ao totó do “De”, as limitações desse são mais a nível neuronal. Não se resolvem com educação.

          • De says:

            PP.Dobre a língua que as intimidades suas estão reservadas para o Passos.
            Percebido?

          • Baresi88 says:

            Cidadão Comum “projecto”.

    • Chulo do Gentlepussy says:

      http://blogs.estadao.com.br/link/foxconn-registra-outro-suicidio-na-china/

      hum…e o Sr. Gentlepussy também trabalha num edificio com redes para impedir que as pessoas se suicidem é?

      Oh gentlepussy, eu ja criei vários empregos na vida…um deles foi o teu, já te esqueces-te que sou o teu chulo?

      n há paciencia…

    • oxy says:

      steve jobs for the boys – yeah!

    • Rui Pires says:

      Mas que grande treta é Gentlepussy! eu crio cooperativas!

      • Pai dos povos says:

        Então és uma ave rara. A major parte da esquerdalhada é mais dada ao sofá e à secretária.

        • De says:

          Sofá e secretária?
          Este pensa que está no gabinete do chefe.
          Hoje saiu à rua e foi vaiado.Deve ser o destino quotidiano de quem nos anda a roubar e a mentir.Debaixo de Merkel e sob a sombrinha de Friedman

        • Baresi88 says:

          Não a esquerda não é dada ao sofá e à secretária é bom porque se pode trabalhar, escrever, desenhar, pintar. E a esquerda produz, tem ideias importantes para o país, ao contrário da direita que dá cabo de tudo, e só diz porcaria e mentiras, e tem-te como um animal de estimação bem mandado…

  6. Caxineiro says:

    Esta choldra é o paraíso do xico-esperto!
    Aqui onde moro já temos uma “incubadora de empresários, ou empresas”
    Palavra que é esse o nome, Não sei se a ideia foi dos “gatos fedorentos” ou do “gentleman”, o que sei é que os Marcianos já andam por aí….

  7. LAM says:

    Ao canalha do Passos Coelho, burro inapto dependente, e já agora nao faz mal ao Gentleman também:

    http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=555265&pn=1

  8. CausasPerdidas says:

    Fala assim quem sempre viveu à “sombra”.

  9. Pingback: Feliz coincidência | cinco dias

  10. Renato,

    Totalmente de acordo. A puta que os pariu. Fascistas ordinários de merda!

    João Martins

  11. licas says:

    Esta esquerda sem o Dicionário do Calão Corrente Português
    sente-se desarmados.
    MARRAM EM FRENTE. (mas não adversos ao vermelho)
    Tentar discutir seriamente com fanáticos/eufóricos/caluniadores
    é desperdiçar tempo. É pena, mas com eles da discussão não sai a luz,
    mas as trevas . . .

    • De says:

      “licas”
      Vossemecê bem pode tentar esconder o ser que de facto é.

      A luz de “licas”?A discussão séria de “licas”?
      Ou a má fé deste sujeito?A sua desonestidade?O seu comportamento provocador?
      Na sua própria vida profissional já lhe fizeram estas acusações.Os seus colegas no sci.stat.math já o tinham apontado como incompetente (isso não vem ao caso agora) mas também alguém particularmente xenófobo (é a primeira vez que encontro alguém ser acusado de tal em trabalhos de estatística).
      Pelo meio outras acusações de torpedear o debate científico e de se comportar como alguém de má fé.Um ser a evitar, escreverá um seu colega falando sobre si em meios académicos.Uma vergonha.Já não é o ser que anda por aqui a fazer a propaganda dos párias que nos governam e a insultar os demais.
      Trata-se da sua própria forma de ser.
      O que no fundo confirma o seu posicionamento ideológico
      Um (triste) exemplo:
      http://mathforum.org/kb/message.jspa?messageID=4633789
      Quase tudo dito.
      Mas há mais

  12. Pai dos povos says:

    A tragédia da extrema-esquerda é, não só não ter aprendido nada com a História, como não conviver bem a realidade. Para esta malta tudo o que precisamos é reivindicável. No seu infinito simplismo de análise, o povo só não vive melhor porque há uns desmancha-prazeres de uns capitalistas que, pôr notória má vontade, privam o povo do acesso a essa vida melhor.

    • oxy says:

      filho do polvo.

    • De says:

      Mais uma vez tenho uma má notícia para o PP.
      Nem “pôr” nem deixar de “pôr”.Roubam.E muito

      Ah,esses beneméritos destes capitalistas.Uivam perante os direitos dos trabalhadores.Enquanto ganem pela facilitação dos despedimentos,pela redução dos salários que pagam,pelo aumento do número de horas de trabalho sem qualquer remuneração adicional,pela humilhação do trabalhador,pelo roubo de feriados, pelo voltar ao século XIX nas relações laborais
      Este ali de cima cacareja pela mobilização da mão de obra para assim a tornar mais barata.
      Percebe-se porquê.Uns beneméritos de facto estes “senhores”

    • Caxineiro says:

      És um espetáculo, Pai dos Povos
      Preciso de umas sapatilhas “Mike”
      Tambem vendes óculos”Ray bam” ?

      • Baresi88 says:

        Caxineiro ninguém espeta um táculo, um espectáculo não espeta nada. Tal como o Pai dos Povos é um imbecil, esse acordo que acordizas-te é uma imbecelidade.

        • Caxineiro says:

          Tens razam Rossi, o meu portuguez é phoda. Ima gina, li muitas veses pra mor de ver se te entemdia e nam precebi nada
          És tu moçoilo solteyro?… Que cousa queres que te espete?

          • Caxineiro says:

            Desculpa lá, Baresi.
            Onde escreveste: “Tal como o Pai dos Povos é um imbecil,” eu li: Tal como o Pai dos Povos, é um imbecil, eheheh,
            Fosse a sociedade tão fácil de mudar como o acordo
            Fica bem

    • eu says:

      realmente és um génio, tu e o estulto do gentleman.será que são uma emanação do big bréder(a escória,tem defeitos na fala,não sei pq mas,tenho a impressão que há uma correlação entre a degradação da fala e a humana…-tipo, o Silverter Stalone)?
      Porque é que não vão comentar para o Abrupto, e respectivas agit-prop fascistas?será q os expressos,dn,os achem tão maus?
      ‘No seu infinito simplismo de análise, o povo só não vive melhor porque há uns desmancha-prazeres de uns capitalistas que, pôr notória má vontade, privam o povo do acesso a essa vida melhor.’
      É como 2+2=1000 001.É uma impossibilidade a soma de dois numeros pares/impares,é sempre par!

      Gosto do modo escorreito do gentleman:se não fosse o steve jobs não haveria o supra sumo dos computadores.esquece-se é q a ex- URSS era quase feudal e ascendeu à 2ª potência económica em apenas poucas dezenas de anos com o patrocínio do pai dos povos,esse judeuzinho(sempre esquecido esse pormenor,porquê???)da Geórgia.
      A nível das ciências fizeram ‘milagres’-espero q estes fdp estejam agora em Fatma(foda-se!um nome semita/árabe) a baterem punhetas ao salazar e a mirarem umas gajas para as violarem.É esse o padrão comportamental de quem tem ablações temporais de vária ordem…
      Se não souberem ler podem ver e ouvir,sempre lhes é menos penoso-sei lá-digo eu! isto:

    • Baresi88 says:

      Esses tais capitalistas que o levam à certa, que usam e abusam de si, gozam de si, e quando não precisam de si o mandam às malvas.

  13. Santos.se says:

    A mãe deste ordinário, é podia ter sido empreenderora e ter abortado este cabrão, ou ter feito uma bola de queijo!
    Roma não paga a traidores, em Portugal o povo até quando é que vai sustentar estes miseráveis.

  14. antónimo says:

    Claro que há empreenderismo e empreendedorismo:

    As polícias de tribunais de Passos Coelho também distinguem: http://5dias.net/2012/05/12/quando-os-tribunais-rimam-com-repressao/

  15. Pai dos povos says:

    Os comentários da esquerdalhada de serviço são bem demonstrativos da miséria intelectual que grassa por aquelas hostes… Mais do que desligados da realidade, esta malta simplesmente desistiu de pensar.
    Ides longe…

    • De says:

      Preocupado com a esquerdalhada PP?
      E fala em serviço?
      Lol.
      Porque será que ao que parece este PP é que está de serviço?

  16. eu says:

    ‘Hoje, cabe perguntar: como pode ter chegado a Primeiro-ministro uma criatura como Passos Coelho? O homem é um ser de indigência mental tão transparente que até intelectuais de direita como Pacheco Pereira reconhecem o óbvio.’

    O Manequim de Massamá,eheheheh

    • Baresi88 says:

      Pois, mas é Primeiro Ministro, e a corrupção está cada vez maior, as injustiças são cada vez maiores, os direitos menores, a ditadura está aí, e ele está igualzinho ao Salazar, essa é que é essa. E claro que ele, a sua pandilha o FMI a TROIKA, a Merkel e o sistema capitalista têm a sua cota parte. Mas é preciso destruir isso tudo.

  17. João Pimenta says:

    O Mourinho por exemplo um grande empreendedor, empregado do Real Madrid. O Cristiano ronaldo outro grande empreendedor empregado de Real Madrid e por último o grande António Borges essa aumÚidade também gtande empreendedor da Golden Sachs…

    Pofrra tudo TCO do Relatório Único que somos obrigados a entregar no INE.

Comments are closed.