Vasco quê?

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/25-de-abril-marcha-manifestacao-revolucao-avenida-da-liberdade-tvi24/1343642-4071.html (Reportagem O que não sabem os deputados).

Os historiadores fazem muitas coisas – entre elas lembrar que independentemente da opinião de cada um Hitler Invadiu a Checoslováquia, não foi a Miss Marple. Ontem uma jornalista perguntava-me, depois de me mostrar uma reportagem em que adolescentes mostravam a sua ignorância sobre a revolução, o que eu pensava disto? O ensino é um horror e a televisão um lixo mas duvido que com 12 ou 14 anos eu soubesse mais do que eles, o que claro não justifica nada. Mas, descobri logo depois que há jornalistas que não distinguem Vasco Gonçalves de Vasco Lourenço. E logo a seguir, espante-se, vi que há deputados na adolescência em matéria de cultura, saber e história, incluindo os do BE e os do PCP, que não não sabem onde enfiar Vasco Gonçalves (de esquerda)  e Palma Carlos (de direita).  Diria o detective Poirot: «há que trabalhar as celulazinhas cinzentas…».

«Os manifestantes concentrados na rotunda do Marquês de Pombal, em lisboa, iniciaram a descida da Avenida da Liberdade, liderados por uma chaimite. Apesar do mau tempo, a rotunda estava completamente cheia cerca das 15:30, quando cabeça da manifestação se preparou para iniciar o cortejo até ao Rossio.Foram milhares na avenida, que assistiram ainda às palavras de Vasco Gonçalves no Rossio. Nem a chuva os demoveu». (Vasco Gonçalves, que já morreu, foi primeiro ministro no II, III, IV e V Governo Provisório; Vasco Lourenço é um dos dirigentes do Grupo dos 9 e hoje da A25A).

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 Responses to Vasco quê?

  1. xatoo diz:

    a TVI é o canal oficial do regime, superiormente descerebralizado por esta amiba que temos na Presidência – do que é que estavas à espera duma associação destas?

  2. Camarro diz:

    Ontem, através de uma jornalista da TVI, fiquei a saber que existem semi-anarquistas… Já através da SIC fiquei a saber que o desfile comemorativo do 25 de Abril na Av. Liberdade foi convocado pela CGTP…

  3. Baresi88 diz:

    Vasco Lourenço um traidor, já o outro Vasco não era nada disso.

  4. Armando Cerqueira diz:

    Olá Raquel.

    Eu acrescentaria: um dos Vascos estava com os explorados e oprimidos (defendia a implementação do Ponto 6 do Programa do MFA); o outro Vasco estava e está com as massas pequeno-burguesas e médio-burguesas, ajudou a suprimir a implementação desse Ponto 6, e a reforçar a sociedade burguesa e capitalista (com várias reformas, é certo) que vinha do 24 de Abril de 1974…

    A Raquel, que é uma historiadora profissional, sabe isso melhor que eu, que sou um ‘historiador amador’…

    Um abraço de solidariedade

    Armando

  5. Vasco diz:

    Pobre Vasco Gonçalves, que depois de desaparecido tem que ser confundido com este badameco traidor. Viva o Companheiro Vasco!

  6. Nuno L diz:

    Raquel não leve a mal, não quero fazer de si uma “bufa”, mas gostava de saber quem são os deputados do PCP ” …que não sabem onde enfiar Vasco Gonçalves (de esquerda) e Palma Carlos (de direita)…”.
    Obrigado

  7. licas diz:

    Armando Cerqueira says:
    26 de Abril de 2012 at 11:51
    Olá Raquel.

    Eu acrescentaria: um dos Vascos estava com os explorados e oprimidos (defendia a implementação do Ponto 6 do Programa do MFA); o outro Vasco estava e está com as massas pequeno-burguesas e médio-burguesas, ajudou a suprimir a implementação desse Ponto 6, e a reforçar a sociedade burguesa e capitalista (com várias reformas, é certo) que vinha do 24 de Abril de 1974…

    ________________

    O famigerado Vasco* , queria implementar cá uma República Populatr
    (à laia de Álvaro Cunhal), o *outro* , o dos 9´s, lutou para repor um
    regime semelhante ao que vemos em toda a Europa. A diferença, pois . . .
    * Também cantado como *O muralha de aço* . . .

  8. Vasco diz:

    Continuando licas: «… lutou para repor um regime semelhante ao que vemos em toda a europa, COM OS FABULOSOS RESULTADOS QUE PODEMOS CONSTATAR.»

Os comentários estão fechados.