Et merde

A Ana Cristina Leonardo enviou-me esta pagela, com instruções para a reenviar a mais dez incréus inocentes. Mal me vi metida nesta alhada, tratei logo de encomendar protecção num site que vende “produtos esotéricos ao melhor preço do mercado” (as medalhinhas do padre Cruz também estão muito em conta), mas percebi logo que nem São Cipriano me iria safar desta. Temendo pela salvação dos meus pecados, andei a ver como é que as outras vítimas exorcizaram esta assombração. E em verdade vos digo: a melhor resposta, que reproduzo já a seguir em toda a sua glória multimédia, está num blogue chamado Jardim de Luz. Oremos, irmãos.

P.S. Quanto a reenviar o santinho a dez pessoas, por amor de deus… Isto é um blogue comunista, contra-a-corrente e muito ateu: pagelas, amuletos e iconografia, só se for com o camarada Estaline.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

30 respostas a Et merde

  1. xatoo diz:

    bom
    as postadoras aqui presentes também não são mulheres prá gente e apesar disso temos de engolir estas patacoadas
    E, camarada foleira,
    sempre que invocarem o sagrado nome de Estaline lembre-se que a música é outra, sua cambada de pimbalhonas

    • Morgada de V. diz:

      Comprova-se que a pagela funciona com todos os efeitos apregoados. Mas era capaz de ser melhor não invocar o camarada Chostakovitch como defesa do Pai dos Povos, ó Grande Líder do Gosto: ele e Estaline, como é sabido, não eram propriamente unha com carne.

      • Carlos Guedes diz:

        Não tarda vamos dar com esta malta a citar Soljenitsin…

      • Carlos Vidal diz:

        Quanto a este assunto, Shostakovich/Estaline, a Morgada pouco ou nada sabe, seguindo a via de apaniguados de Putin. Boa.

        • Morgada de V. diz:

          Carlos, é sempre uma honra ser admoestada por si.

          Eu estou a par das guerras entre revisionistas e ortodoxos, Volkov vs Fay and all that jazz, e se não acredito na cantiga do compositor anti-soviético, também não acredito que ele fosse um admirador do Grande Líder (coisa que nem os ortodoxos defendem), depois das duas denúncias públicas de que foi vítima (facto que nem os ortodoxos contestam).

          Por mim o Chosta podia ter sido tudo, até um assassino em massa, que a música dele seria sempre prodigiosa, e por isso trocarei sempre qualquer discussão política por um só movimento de qualquer das suas sinfonias. A minha preferida é a 11 (que vi há uns anos com o Gergiev), mas desde que descobri que a quinta está TODA no mesmo vídeo no youtube, e logo com o grande Mravinsky (por favor não me diga que prefere o Bernstein, ou terei de o mandar fuzilar), tenho – como dizê-lo sem apimbalhar isto? – dois amores.

          Espero que a audição atenta, embora admitidamente diletante e inculta, das grandes obras do artista, me ajude a reencontrar a linha justa.

          Atentamente,
          m.

          • Carlos Vidal diz:

            O Gergiev, esse mesmo, é íntimo de Putin.
            Um trôpego mahleriano, mas um grande leitor do homem que foi considerado património soviético e transferido para fora de Leninegrado (com Mravinsky, que marchou para a Sibéria como protecção) aquando da invasão.
            Mas o agora londrino Gergiev está desculpado de tudo, o que não quer dizer que não tenha no Jansons um rival à altura (dos vivos – dos não-vivos tem de ser o Mravinsky, de quem obtive uma bela caixa Shostakovich numa antiga discoteca que agora desapareceu e ficava por baixo da casa de uma tipa que foi Min da Educação).
            Mas nada disto é importante.
            O Mais importante é que para perceber a Sétima é preciso saber o que é a Factografia, o colagismo que sobreveio à Faktura nas vanguardas históricas. Mas sobre isso agora não tenho tempo para dilucidar o que q

          • Carlos Vidal diz:

            uer que seja.

          • xatoo diz:

            realmente para perceber a 7ª só tendo bem presente o que foi o Cerco de Leninegrado – obviamente a nossa Morgadazinha nunca conseguirá fazer ideia do que é uma sopa de sola de bota nem um sacrificio genuino poe uma terra que não era para ser vendida a retalho. Se-lo-ia mais tarde…
            Tive ocasião de visitar o monumento que existe na agora “São Peterburgo” com as novecentas tochas acesas, uma por cada dia de cerco, e … realmente não há palavras, nem tempo,

  2. Carlos Guedes diz:

    Isto é um blogue o quê? Então mas um gajo ausenta-se por um dia, ainda por cima ao serviço (não gratificado, embora gratificante) do blogue, e acontecem coisas? Ainda por cima coisas que envolvem cenas?
    Quer isto dizer que este ano temos direito a barraquinha na Atalaia? Já há mapa para os turnos?

    • Morgada de V. diz:

      “Blogue fraterno e internacionalista de orientação plúrimo-comunista com dissidentes trotskistas, inimigos do povo e malta que não tem nada a ver com cenas” pareceu-me muito longo.
      Como é que estava o Puarto?

  3. A.Silva diz:

    A Morgada sempre com um bom som 🙂

  4. maria diz:

    Respeitável Morgada, encanta-me saber que gostou da minha resposta (enfim, a voz não é minha, a letra e a música também não) e o nosso problema comum não é a corrente da pagelazinha. Nem chega mandar à merde o cromo da mesma.

    Um bom fim de semana.

    • Morgada de V. diz:

      Tenho um amigo que gosta de converter os standards da música pimba em fado, mas em bossa nova ainda não conhecia, e não resisti…
      Bom fim-de-semana para si também, maria.

    • Morgada de V. diz:

      (“respeitável”, “camarada pimbalhona”… Eu sabia que esta pagela só me ia trazer alegrias.)

  5. licas diz:

    Carlos Guedes says:
    14 de Abril de 2012 at 14:43
    Não tarda vamos dar com esta malta a citar Soljenitsin…
    ___________________

    Ficaram cá com uma *azia* por Soljenitsin
    ter evocado os campos de concentração da URSS na Sibéria
    onde o escritor penou anos e anos . . .

  6. xatoo diz:

    essa pretensa dissidência de Chostakovitch nada mais é que propaganda imperialista, (o bombeiro-compositor até teve capa na Time e tudo) e funciona porque
    as camaradas pimba da facção neo-Romana engolem tudo sem se questionar.
    Ou seja, citando da proclamação dos Comunistas Revolucionários Soviéticos (bolcheviques/maioritários):
    “… com efeito nós temos pontos fracos, pois somos a própria vida. Enquanto que vocês (revisionistas) estão de corpo e alma cheios de virtudes, porque sairam do túmulo politico, são solteironas estéreis, incapazes de cometerem pecados e de serem fecundadas…”
    edição portuguesa Maria da Fonte, 1974, pag 23

  7. Caxineiro diz:

    caramba!
    Basta uma violinha e uma voz
    e uma realidade muda

  8. von diz:

    Afinal, o camarada estaline é o profeta dessa religião que aqui se professa. a missinha é

    • Morgada de V. diz:

      É. Só não comemos criancinhas, são indigestas.

      • von diz:

        comem homens já feitos, que é mais substancial… ou se não os comem, anulam-nos e retiram-lhes a individualidade. mas sim, é religiãozinha sim senhor, pega-se num dito profeta e dele faz-se uma doutrina. tal qual os católicos, com comité central, perdão, com sínodo e tudo. uns fazem fila para Fátima, outros fazem fila para o mausoléu na praça vermelha…

        • Morgada de V. diz:

          …outros não largam o osso do anti-comunismo primário. Haja fé.

          • von diz:

            mas porque raio que falar em factos é anti seja lá o que for?… nesse caso também fui anti-igreja e a morgadinha não reparou. enervam-me deuses, ainda por cima de carne e osso. irritam-me, esses meninos elevados ao olimpo, sejam de esquerda, direita ou mais ou menos…

  9. JMG diz:

    Fez muito bem em interromper a corrente, Morgada; que a listinha que está no blogue da sua amiga é um who’s who da esquerda bem-pensante – alguns nem comunistas são. Sabe que mais? Bem feito era mandar a pagela aos seus admiradores fachos. Não devo ser o único.

  10. licas diz:

    É assim que eles entendem a Liberdade de Expressão . . .
    Só que tem que ser *moderada* pelos donos do blogue.
    *Eles revelam a sua *Democraticidade* em cada passo que dão . . .
    (Felizmente, que assim só enganam os tolos e tontinhos . . . )

    • Caxineiro diz:

      Estou contigo licas*!*
      Conta aí das cargas de lenha que o Estaline dava à Svetelana nos intervalos das tainadas de coxinhas de bébé

  11. Morgada, por um coincidência que talvez só o inconsciente colectivo explique, também hoje me interrogo lá no tasco sobre o que fumará o Weiss. Não o dramaturgo mas o troikano.

    • Morgada de V. diz:

      Sabes que para tudo o que corre mal na vida há sempre uma explicação: os comunistas e o tabaco. Perdão, duas: os comunistas, o tabaco e o salário do Aimar. Três…
      (Tenho de ir fumar muito).

Os comentários estão fechados.