NOJO!

Publicado esta tarde na página do Facebook da JSD.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

28 respostas a NOJO!

  1. Não admira que desta toca saiam tais coelhos.

    mário

  2. Lima diz:

    Que nojo!
    Eles que não esqueçam que a propriedade privada também é um “direito adquirido”…

  3. JSD à direita do PSD e mais reaccionária: combater direitos adquiridos – vergonhoso.

    • Carlos Guedes diz:

      Não. A JSD a dar voz ao PSD. A JSD diz aquilo que os «papás» não assumem! Provavelmente por ordem dos próprios!

      • donzilia conceiçao diz:

        Este congresso foi um nojo. Foi lavagem de roupa suja. Quanto à policia foi outro nojo, bater nos JORNALISTAS, ERA NO TEMPO DO FASCISMO. MAS ELE ESTÁ AO VIRAR DA ESQUINA, EU SE FOSSE JORNALISTA NÃO IA AO CONGRESSO FAZER NENHUMA REPORTAGEM, ELES NÃO MERECEM. NÃO QUERIAM QUE O POVO E INTERNACIONALMENTE TAMBÉM,NÃO QUERIAM QUE SE SOUBESSE O QUE SE PASSAVA EM PORTUGAL. SÃO ASSASSINOS DE UM POVO QUE NÃO MERECEM. ELES SÃO OS FILHOS DE UMA NAÇÃO DOENTE, SÃO A BESTA, O MONSTRO.

  4. Gentleman diz:

    Concordo em absoluto com os slogans da JSD.
    “Direitos adquiridos” é um amplo pote onde cabem as maiores iniquidades e a mais pura irracionalidade económica.
    Precisamos de pessoas que pensem um pouco nos deveres, e não apenas nos direitos. É preciso lutar contra esta atitude de criança mimada que berra por não ter aquilo que obviamente não lhe pode ser dado.

    • chapeleirolouco diz:

      concordo, acabemos com o direito adquirido à propriedade privada. Reduzem-se a iniquidades de poder e acaba-se com a irracionalidade económica que deu origem a toda esta crise financeira internacional e que em portugal só criou uma sociedade pobre, precaria, isto se ainda tiverem trabalho, e gerida por um aglomerado de senhores feudais.

      mas suspeito que o cavalheiro esteja mais inclinado para acabar com o direito adquirido de uma vida digna (telhado, comida, roupa, etc etc) e a justa retribuição do trabalho ou o direito parental ou a uma vida privada ou a uma vida com projectos e futuro, mas claro e como sempre é só para alguns… tudo em nome de um mercado racional? o mesmo, que mesmo com a industrialização convivia com o trabalho infantil e outras formas de trabalho suis generis e descriminação…

      e por falar em criança, que idade tem? 16 anos? ou ainda não percebeu que o mercado é apenas uma ferramenta e não o alfa e o omega de uma sociedade? ou que a experiência demonstra que o mercado sem um pai estado a controlar e limpar as fraldinhas tende a ser autodestrutivo? eu não me importo, por mim não teria havido bailout e queria ver onde vocês se escondiam… queria ver essa conversa de tasca da malta só querer direitos, mas deveres népias… não sei se sabe mas os direitos e ao longo da historia os direitos nunca foram dados, mas antes conquistados através do trabalho, do sangue, do suor e das lágrimas.

      eu espero, sinceramente, que os sonhos destes jotas se tornem realidade, só para acabarem com esta farsa do “capitalismo com rosto humano”.

    • miguel diz:

      Constituição da República Portuguesa

      Artigo 62.º
      Direito de propriedade privada
      1. A todos é garantido o direito à propriedade privada e à sua transmissão em vida ou por morte, nos termos da Constituição.

  5. anon diz:

    Ainda por cima isso foi feito com photoshop por cima de uma foto de uma faixa da cgtp, esqueceram-se foi de apagar a bandeira da fp naquele carrinho

  6. É tempo de ir à guerra. O Fascismo não passará!

  7. A velha e eterna técnica da divisão: para os novos terem oportunidades os velhos têm que perder os direitos, já ninguém cai nessa, ou pelo menos não deviamos.

  8. Carlos Vidal diz:

    Podia-se mesmo por começar por retirar os adquiridos dos papás desta betaria de merda.
    Lá se iam os iPods, depois, quem sabe, a Cerelac, e a seguir os BMs.
    O empreendedorismo desta betaria baseia-se ora nos subsídios dos papás, ora nos do Estado.

    • JgMenos diz:

      O argumento da inveja classista é sempre um momento de elevado valor estético e dialéctico!

      • Carlos Vidal diz:

        Invejo-lhes a Cerelac ??
        Que imbecis aqui aparecem…

        • JgMenos diz:

          Estava a pensar nos BMs!
          Revolucionários da treta é o que mais ambicionam…

          • Joao passa os dias a guiar audis diz:

            Um facho de merda a lamber as botas ao Coelho como este gajo,nao deixa de ser um facho de merda,como o dono o tal Coelho.
            Que seja ,menos ou mais tanto faz.Um lambe-botas facho da treta armado em mete-nojo papa PSD.
            Cheira a Coelho fdp

  9. PJL diz:

    Uma vergonha! Aliás, NOJO é mesmo a palavra certa.

  10. V Cabral diz:

    Da toca deste, e do Outro Coelho, não saiem coelhos, saiem Ratos.

  11. omegalfa diz:

    Parece que apagaram a imagem e bloquearam os comentários.

  12. Aspirante a Rebuçado diz:

    nao percebo como é que este gentleman ainda vem aqui provocar e nao leva um «faxo» na testa, nao percebo mesmo…

  13. Patrício Silva diz:

    É engraçado que a maioria destes empresários e ” empreendedores” são aqueles que mais mamam na teta do estado que tanto criticam…

  14. Diogo diz:

    E se a CGTP usasse as armas destes bebés? Porque não processar quem usou indevidamente a imagem dos participantes numa manifestação atribuindo-lhes reinvindicações contrárias às suas? Contrárias e rídiculas… Nem que fosse pelo susto e oportunidade de os ver mijar nas calças.

  15. Botelho diz:

    A ideia deve ter vindo do Sr. Duartinho Marques, uma espécie de “menino polido” ou “marialva” das JSD.
    Quando era pequenino, o Duartinho cagava fora da sanita, estragava os brinquedos dos outros e mijava da janela para os quintais.
    Hoje, o Duartinho, mais crescido, está a fazer na política, aquilo que fez quando era pequenino.
    O que o menino Duartinho quer – com aquele seu olhar torcido – é “avacalhar” com a política ou “pintar a manta”.
    Como ele, também lá está o menino Luís Meneses (com a barba por fazer… a copiar o outro menino chamado João Almeida).
    Num mundo de meninos nazis, a brincar à política, resta à esquerda um meio de tratar destes meninos… rachar a cabeça dos meninos.

    • Caxineiro diz:

      Olhe que isso já esteve mais longe…
      Com o medo que se vai instalando nas empresas, o que dantes resultava em reinvindicações sindicais, é hoje o silencio e um um ódio cego que se vai acumulando contra esses “empreendedores” ( xicoespertos) que todos os dias se passeiam e papagueiam nas TVs
      Se a bolha rebentar nem vão perceber de que lado chove

      • ivo damasio diz:

        seus inegrumes vao mas é trabalhar, quem vos dera estar ao nivel do sr. Paços Coelho, ele devia era foder-vos ainda mais, tesórios comedores de rendimentos minimos, acho muito bem estes cortes, e deviamos recuar 30 anos no tempo que voces nem sequer pensavam em escrever estas blasfémias, mas hoje em dia o respeito pelas pessoas importantes acabou, deu-se mas foi muitos abusos.

Os comentários estão fechados.