Em França não se passa nada…


Front de Gauche Bastille 18 mars 2012 por lepartidegauche

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a Em França não se passa nada…

  1. Niet diz:

    Mélenchon, que já alcançou o terceiro lugar nas sondagens presidenciais, tem feito uma boa campanha. Os trotsquistas do NPA e da Luta Operária afundaram-se. Repare-se: de nada surtiu efeito; mesmo se os NP anticapitalistas de Krivine e Besançonet formaram um partido com direito de tendência e uma abrangência a raiar os anarquistas neo-kropotnikistas e afins… O PCF lá anda na grande multitude de J-L-Mélenchon, que foi deputado e senador socialista durante mais de vinte anos. O antigo cabo-de-ordens de Mitterrand assinou mesmo um texto contra o sistema Mercozy, o ordoliberalismo prussiano severo, com Oskar Lafontaine, um dos fundadores do Die Linke, B. Esquerda alemão, e que tem uma cota de prestígio transversal enorme na Europa. Um caso a seguir, com muita atenção, claro! Salut! Niet

  2. Gentleman diz:

    A Esquerda Radical francesa, por via da seu silêncio complacente para com o fascismo islâmico, está condenada à irrelevância. Traidores dos valores Iluministas que estiveram na sua génese, bizarramente esta Esquerda estúpida (há que dizê-lo com frontalidade) deixa o papel de defensores do laicismo à extrema-direita da Front National.

Os comentários estão fechados.