No dia 22 faço greve!

Se esta greve tivesse decorrido há um mês não teria podido aderir pelo simples facto de estar desempregado. Agora posso. E faço-o por mim, pelos meus colegas, pelos que se encontram desempregados, pelos que estão em vias de perder o seu emprego, pelos trabalhadores do Arsenal do Alfeite e dos Estaleiros de Viana do Castelo, pelos que querendo não vão poder aderir, e pelos que podendo não o vão fazer. Faço-o também, e principalmente, para que os que vierem depois de nós não encontrem este país sem remédio. E podem até encontrá-lo em tal estado, mas não vão poder dizer que ninguém fez nada para o evitar!

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

2 respostas a No dia 22 faço greve!

  1. Pingback: Greve Geral: Uma questão de coerência | cinco dias

  2. Zuruspa diz:

    Verdades como punhos.

    Grande Carlos!

Os comentários estão fechados.