CENSURA OU INCOMPETÊNCIA? As perguntas que os jornalistas não fizeram ao MAS.

Comício do MAS segundo a imprensa

Comício do MAS como ele foi

Parece-me inacreditável que um partido seja fundado, com a Voz do Operário à cunha, e esse momento não seja acompanhado por um único jornalista. As poucas notícias que são feitas sobre o assunto resumem-se a entrevistas por telefone com um dos seus dirigentes e mesmo na rede poucos são os locais que referem o facto.

Se qualquer fait divers do PAN raramente se vê privado de spin, porque raio é que o momento não teve a cobertura noticiosa que exigia? Porque não se questionou ao que vem a antiga corrente do BE? Que novo 25 de Abril querem construir e como é que isso se leva a votos? Porque não se pergunta em que é que se traduz a unidade da esquerda além da defesa um governo com o Francisco Louçã e com o Jerónimo de Sousa, que é como quem diz, como é que se sai de um entrismo para se passar a defender uma frente popular?

Confesso que ainda não consegui entender ao que vem o MAS, nem estratégica nem tacticamente, mas não deixo de reconhecer a sua existência no movimento sindical, social e estudantil. De resto, toda a esquerda militante sabe o seu papel, pelo que não é fácil perceber porque razão há uma espécie de muro de silêncio relativamente a esta organização.

(Carlos Guedes, antes que comeces a transformar mensagens em postas e a fantasiar sobre o que te parecem ser as minhas respostas, devo sossegar-te e esclarecer que não sou militante do MAS, sob nenhuma declinação. Por mais que te custe, o único entrismo que sobra é o mui sui generis que a direcção do teu partido insiste em fazer “no” Partido Socialista, que mais não promete do que acabar entre a assimilação e a dissolução, tal e qual como o Pablismo e, por arrasto, a Quarta Internacional.)

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

7 respostas a CENSURA OU INCOMPETÊNCIA? As perguntas que os jornalistas não fizeram ao MAS.

  1. Carlos Guedes diz:

    Tudo teria sido muito mais simples se me tens respondido logo ao sms… ainda assim acredito que um dia sofrerás uma recaída!
    Quanto ao resto… já disse para ires falar com o Daniel Oliveira!

  2. jorge diz:

    Começou o esvaziamento do BE ? mais um grupo de reflexão, que vai terminar um dia destes ? avançam para uma frente com o PCP ?

  3. Xupa e Engole-o TodoBom diz:

    PAN,MAS? O que é isso?Que merda!

  4. Augusto diz:

    O Renato Teixeira vê em tudo conspirações.

    O tal mas por enquanto ainda não é nada, só um movimento de amigos do Gil Garcia.

    Se primeiro tivessem recolhido as assinaturas necessárias, e se tivessem legalizado, as suas criticas até poderiam ter alguma razão de ser , assim não creio.

    No entanto o Gil Garcia tem bons contactos nos meios de comunicação social, e regularmente aparecem entrevistas suas na imprensa, possivelmente os jornalistas agora já não lhe achem tanta piada , afinal ele já saiu do BE….

  5. JP diz:

    Meu amigo, o MAS não teve tempo de antena por uma razão bastante óbvia…
    É que para fazer esse papel já existe o BE.

    O papel da esquerda “grande” e das causas fracturantes. Do folclore e do sound byte. Das autoeuropas e do ataque à Líbia. Dos apoios semi clandestinos ao PS, etc…

    Como têm desempenhado bem o papel, porquê perturbar?

Os comentários estão fechados.