Os neo-liberais, de facto, não compreendem o carácter demiúrgico do trabalho…

Mas, aqui entre a gente, e Direito à Preguiça à parte, é caso para dizer:

Põe os cornos ao diabo, no dia 22!

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

1 Response to Os neo-liberais, de facto, não compreendem o carácter demiúrgico do trabalho…

  1. Jorge diz:

    Pessoal, temos de começar a substituir “neo-liberais” por “ultra-liberais”, para denunciarmos o fundamentalismo capitalista e ganancioso daquela gente. Eles podiam ser neo, mas não ultra, terrorista e barbaramente extremistas!
    Temos de começar a fazer o uso mais eficaz possível do Português, neste momento em que televisões privadas interrompem diretos no momento em que governantes começam a ser vaiados.
    Força na luta, camaradas!

  2. Raquel Varela diz:

    Delicioso!

Os comentários estão fechados.