Portagens na A22 declaradas ilegais

Afinal quem está na ilegalidade é o Estado. Os que andam a rebentar com as portagens nas antigas SCUTS merecem pelo menos uma estátua em Boliqueime.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

15 respostas a Portagens na A22 declaradas ilegais

  1. Caelos diz:

    Bruxelas declarou, está declarado.
    Já posso morrer descansado. Já vi tudo.

  2. JDC diz:

    Tenho que ler em mais sitios, mas parece-me que o que realmente foi considerado ilegal foi o regime de descontos só para nacionais, pois isso compromete o principio da igualdade económica (se pensarmos nos serviços de transporte de mercadorias, faz sentido).

  3. Renato, cá vai um post directamente do Algarve;

    Algarvios Na Rua de Novo Contra As Portagens Para Fazer Cair Um Governo de Fantasia

    Com a decisão da Comissão Europeia do lado das populações que protestam contra as portagens não só no Algarve mas também no resto do país, vamos todos fazer do dia 8 de Março um dia Histórico para a região do Algarve. O destino está traçado. Com um governo fantasia em estado de desobediência civil face às instâncias Europeias só pode ter como resposta a desobediência civil dos portugueses às ilegalidades do Governo. Vamos todos dia 8 sair à rua e exigir a demissão do governo neo-fascista de Pedro Passos Coelho, Vitor Gaspar e do Álvaro. Ó Alvaro pá, ó man, não é o país que tem vivido na fantasia, és tu pá, ó baril, que és um ministro de fantasia, num governo de fantasia que ignora as realidades do país. Todos à rua dia 8 de Março contra um governo em Estado de desobediência civil. Dia 8 de Março a estrada é nossa.

    Aqui: http://macloule.blogspot.com/

    Abraços e força para o movimento dos desempregados em direcção a mais e melhor emprego!

    João Martins

  4. Luis Almeida diz:

    Eu sou pela desobediência activa e pelo direito à indignação! Ilegalidade, incendiar coisas ilegais e prepotentes? Que frémito de temor pelo desrespeito à legalidade iníqua volta a apossar-se de novo dos portugueses…
    Querem maior ilegalidade à ordem constituída que o 25 de Abril de 1974?

  5. Luís Almeida,

    Ninguém te convidou para a festa. Tu estás do lado errado da história. Passa bem. Viu alguém aqui falar de incendiar? Você é parvo ou quê?

    João Martins

    • Luis Almeida diz:

      Ah, esta festa é só por convites? Não sabia…
      Além de prepotente ( expulsas quem não te agrada e queres fazer do 5dias uma “capelinha”) e ordinário ( usas o insulto em vez do debate ) és pior do que parvo, és iletrado. Senão tinhas lido o que o próprio post diz: “Os que andam a rebentar com as portagens nas antigas SCUTS merecem pelo menos uma estátua em Boliqueime.”
      Como é podes estar do lado certo da história se nem compreendes o que lês?
      Passa mal!

    • helder diz:

      Se percebi bem, o Luis Almeida estava a elogiar o movimento “algarvio” e o 25 de Abril.

  6. Caro Luís Almeida,

    Se ainda não percebeste, apesar de letrado, o estado a que isto chegou já é de guerra, escolhe um lado, esconde-te, ou emigra. Já não há paciência.
    Passa bem.
    João Martins

  7. E sim, se o Helder tiver razão, a minha indelicadeza é precipitada e mediada pela minha fúria contra o governo da Troika e devo um pedido de desculpa ao Luís Almeida. Se o Helder não tiver razão esqueça o pedido de desculpa.
    Passar bem ou passar mal conforme a interpretação correcta da história.
    João Martins

    • Luis Almeida diz:

      Sim, o Helder tem razão. E, sim, aceito o pedido de desculpas…
      Pedir desculpa, quando se errou, não é prova de fraqueza. É prova de grandeza moral…
      Eu também me excedi, como reacção ao teu excesso, e peço-te desculpa.
      Quanto a estar do lado errado da história, tu nem imaginas o que eu já vivi nos meus 68 anos! Comecei a militar no MDP/CDE em 1969 e no PCP em 1973! Mas os comunista cultivam a modéstia e normalmente não falam na primeira pessoa – pomos a tónica no colectivo, embora prezemos muito a iniciativa individual e a estimulemos…
      Um abraço!

  8. Zuruspa diz:

    Afinal o que disseram é que *os descontos* säo ilegais. Mau Maria!
    Querem ver que depois disto tudo as ex-SCUT väo ficar *ainda mais caras*???

  9. O meu pedido de desculpas ao Luís Almeida. Evidentemente uma leitura precipitada a minha!

    Um abraço
    João Martins

Os comentários estão fechados.