«País de programa», Vítor Gaspar dixit

Os brasileiros, é bem sabido, utilizam desde há muito a colorida expressão “garota de programa”.

Hoje, no final da sua conferência de imprensa, o ministro Vítor Gaspar referiu-se a Portugal como «um país de programa».

Está bem que o o “programa” deve ser, supõe-se, o de “reajustamento”, imposto pela troika. Mas…

Terá sido uma metáfora sibilina?

Uma auto-crítica involuntária?

Um lapso freudiano?

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

7 Responses to «País de programa», Vítor Gaspar dixit

  1. Luigi Fare Niente says:

    Pugama,diz o cavaco,esse traste de merda.Por muito menos os alemães correram com seu presidente.Este é um país(????) dos sem vergonha.Haja decência e,ele que vá para o regaço do lumpen da Coelha.

  2. helder says:

    Isso fará do gaspar exactamente o quê? Matrona?

  3. Luis Almeida says:

    Belíssima analogia, Paulo Granjo! O sarcasmo pode ser uma arma, não há dúvida…

  4. Prostituto involuntário says:

    Então é por isso que já me tem andado a doer o cú!

Comments are closed.