Sangue, suor e lágrimas

Churchill, 1940:

«Não tenho nada para oferecer além de sangue, labuta, suor e lágrimas. Diante de nós temos uma provação gravíssima. Temos diante de nós, muitos, muitos longos meses de luta e de sofrimento.» (Mas depois podemos ver-nos livres de Herr Hitler.)

Coelho, 2012:

Não tenho nada para oferecer além de sangue, labuta, suor e lágrimas. Diante de nós temos uma provação gravíssima. Temos diante de nós, muitos, muitos longos meses de luta e de sofrimento. (Depois ficaremos completamente nas mãos de Frau Merkel.)

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 respostas a Sangue, suor e lágrimas

  1. JgMenos diz:

    Mal pensado e mal acomparado…

  2. tric diz:

    Passos Coelho, o plagiador!

  3. Carlos Vidal diz:

    Por mim, e apesar de discordâncias noutros domínios, tenho a dizer deste post:
    muito bem pensado e muito bem comparado.

  4. Luis Almeida diz:

    Muito giro e criativo, António!

Os comentários estão fechados.