Verdades como punhos

Por muito que o secretário-geral da UGT tente esconder o papel colaboracionista da sua central sindical, há sempre alguém digno que o denuncia.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 Responses to Verdades como punhos

  1. Vasco diz:

    Ah pois é.

  2. O Rural diz:

    Os bancários se tivessem vergonha ficavam caladinhos porque foram os principais aliados dos banqueiros.

    Durante a nacionalização e durante a reprivatização.

    Gulosos de merda! Até o cu lavado com água de colónia o povo teve que lhe lavar.

    • De diz:

      Um disparate quer seja dito em tom rural quer citadino não deixa de o ser.
      Atirar feito snipper para o lado apenas mascara a questão.E esconde o inimigo.
      Enquanto “promove” outros interesses.
      Os maiores aliados da banca estavam/estão no governo.Por aí vamos encontrar espalhados os seus homens de mão.

      A nacionalização da banca.Um imperativo económico,social,político…

  3. Luis Almeida diz:

    Ecce uomo!

Os comentários estão fechados.