Pela voz da Raquel, e pela de quem quer continuar a poder ter opinião!

Hoje, às 17 horas, vamos fazer-nos ouvir em frente à Entidade Reguladora para a Comunicação Social, com à vontade!

“Não é assim que trabalhamos na RTP” – quem disse esta frase foi o director geral da RTP/RDP, Luis Marinho, comentando com algum choque o à vontade da comentadora Raquel Freire, na crónica “Este Tempo”.

A sua indignação: o “à vontade” com que esta exprimia a sua opinião todas as 3ªs feiras. E foi com este à vontade que se tirou a sua voz do ar.

Em 2012, o dia Mundial da Rádio será, pela primeira vez, comemorado oficialmente em todo o Mundo.

Em Portugal, às 17h, a Raquel Freire irá fazer-se ouvir perante a Entidade Reguladora da Comunicação Social, acerca da censura praticada no programa Este Tempo, da Antena 1.

Vamos mostrar que há vontade de ter um país onde se pratica a liberdade de expressão.

Vamos pratica-la!

| Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/164880690294227/ |

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 respostas a Pela voz da Raquel, e pela de quem quer continuar a poder ter opinião!

  1. Pingback: O idiota técnico | cinco dias

  2. von diz:

    O despedimento, ou melhor, a não renovação de contrato, foi a melhor publicidade para os cronistas em causa.

  3. Luis Almeida diz:

    ‘Tou de alma e coração com eles! ( e aderi no Face )

  4. manu diz:

    A Raquel é aquela menina do meio??? Tem uns olhos muito bonitos, cinzentos, certo? Tenho um fraquinho por olhos cinzentos e por mulheres bonitas-lutadoras. Fraquinho teórico, note-se. Que pena. Não tem aspecto de proleteca, decididamente. (estou a brincar) Não sou class-conscious, porra! Mas acho que sou mais proleteco do que a senhora Raquel. Estou só a provocar. no hard feelings.

    ciao bonitona.
    🙂

Os comentários estão fechados.