Manifesto em defesa da cultura: o manifesto que quer ser movimento

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

7 respostas a Manifesto em defesa da cultura: o manifesto que quer ser movimento

  1. j diz:

    não sei quem são estas pessoas. gestora? será uma daquelas famosas “gestoras culturais”? Ou será proveniente das “indústrias criativas”? Faz arte ou balancetes?

    • Pedro Penilo diz:

      A ignorância não é crime, mas pavonear-se com ela é demonstração de boçalidade. Estude, aprenda, compreenda as palavras que usa, senhor… anónimo, não se identifica, uma besta qualquer…!

  2. Luis Almeida diz:

    Quando ouvem falar de cultura puxam logo pelo revólver!
    ( refiro-me à associação malfeitores que nos governa, não ao Ministro de Propaganda do III Reich…)

  3. Pingback: Primeira Assembleia em Lisboa do Manifesto em defesa da Cultura – o manifesto que quer ser movimento | cinco dias

  4. Pingback: Uma breve história dos manifestos de esquerda « O Insurgente

Os comentários estão fechados.