ONU recebida à paulada, à pedrada e à sapatada.

Em Gaza, onde ninguém tem dúvidas que a os capacetes azuis têm as mãos cheias de sangue… palestino. Neste caso, como em tantos outros, a equidistância mata.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.