Eu também quero ter uma lei só para mim!

Ajuste directo. Autor da lei já recebeu 7,5 milhões de euros por 157 contratos

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 respostas a Eu também quero ter uma lei só para mim!

  1. E, já agora, se não fosse pedir muito: eu também!

  2. pvnam diz:

    Os políticos não são – nem podem ser – ‘paizinhos’!!!
    Há que exigir, isso sim, é UM MAIOR CONTROLO sobre a actividade política!
    Votar em políticos não é passar um ‘cheque em branco’!!!
    O Presidente da República pode vetar uma lei… sem querer derrubar o governo!!!
    Os contribuintes devem poder vetar uma despesa com a qual não concordam… sem querer derrubar o governo!!!
    Democracia verdadeira, já!
    Leia-se: DIREITO AO VETO de quem paga (vulgo contribuinte):
    – blog fim-da-cidadania-infantil.
    {um ex: a nacionalização do negócio ‘madoffiano’ BPN nunca se realizaria: seria vetada pelo contribuinte!}

  3. JgMenos diz:

    Toda a instituição que falhasse nas regras de contratação, com falta de visto prévio do TC, haveria de ver as suas administrações penalizadas de algum modo; até à criminalização dos casos graves. Chega de bagunça à custa do pagode!!

    • Luis Almeida diz:

      A Islândia já criminalizou alguns banqueiros e prepara-se para levar a tribunal o PM e M. Finanças da época da “bolha” que tantos prejuízos trouxe ao povo…

  4. Pingback: Um ajuste directo por dia, não queira saber o bem que lhe fazia | cinco dias

Os comentários estão fechados.