NOVAS PROVAS SOBRE OS INFILTRADOS VIOLENTOS DO MIGUEL MACEDO – Polícia esganou manifestante detido na Calçada da Estrela.

Os actos ocorridos na manifestação da greve geral, bem como na de 15 de Outubro, não estão esquecidos, e o movimento, e bem, está organizado para se defender.

Enquanto o processo que a polícia moveu contra o “perigoso” cidadão alemão (que afinal não era procurado pela Interpol) faz o seu trajecto na justiça e o Garcia Pereira exige ao Procurador Geral da República que avance com um processo criminal sobre os infiltrados da polícia, novas provas são divulgadas na rede e deixam claro que os únicos que merecem ser condenados são aqueles que, à revelia de todos os direitos democráticos, usaram e abusaram desproporcionalmente da força, recorreram à brutalidade e ao sadismo que se pode ver nas provas apresentadas.

Neste quadro, porque tudo leva a crer que a estratégia do Miguel Macedo não mudou, o apelo da plataforma 15 de Outubro para a manifestação do próximo Sábado faz todo o sentido e procura dar resposta à pergunta que todos fizeram na sequência dos episódios em análise: quem nos protege da polícia?

“A Plataforma 15 de Outubro espera que o livre exercício dos direitos de manifestação e reunião de todos os manifestantes seja respeitado no próximo dia 21 de Janeiro. Em caso de dúvida, emergência ou perante uma actuação desproporcional ou inusitada das forças de segurança presentes no local liga 912073128.”

Reveja o filme, conheça o mais recente conjunto de fotografias que revelam toda a sequência da carga policial ocorrida na Calçada da Estrela e ajude a divulgar as provas nas redes sociais:

 

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , , . Bookmark the permalink.

5 respostas a NOVAS PROVAS SOBRE OS INFILTRADOS VIOLENTOS DO MIGUEL MACEDO – Polícia esganou manifestante detido na Calçada da Estrela.

  1. Pingback: Nova informação sobre a acção policial na manifestação de 24 de Novembro | Sentidos Distintos

  2. Pingback: Nova informação sobre violência policial | Sentidos Distintos

  3. Pedro diz:

    O julgamento do alemão não ficou marcado para este mês?

    • Renato Teixeira diz:

      Ora aí está uma boa pergunta. Assim que souber em que ponto está a defesa do companheiro voltarei ao assunto.

  4. Pingback: Garcia Leandro, o General do Medo, levado às redes por uma professora precária. | cinco dias

Os comentários estão fechados.