O “valor de mercado” da hemodiálise

I)
A SIC lançou mais um programa de opinião única em que três ex-ministros, um ex-primeiro-ministro (dono da estação) e um representante da “sociedade civil” que não contrarie o sentido único da opinião procuram ensinar-nos como devemos olhar para o país e aceitar os seus governos. Como todos os outros programas de empáfios senadores, este parecia ser mais um condenado ao insucesso de audiências, não fosse a inspirada contribuição de Manuela Ferreira Leite.
À pergunta de Ana Lourenço se não achavam abominável que se discutisse se uma pessoa com mais de 70 anos tem direito a fazer hemodiálise, perante o sorriso atrapalhado de Barreto e o silêncio dos demais, Ferreira Leite não se fez rogada, declarando que só se a pagar. Aguardemos pelo próximo programa para ficar a saber se, neste maravilhoso mundo, os doentes que não auferem pensões douradas terão direito a uma libertadora injecção letal ou se sairá mais em conta criar uns campos de descanso final, pois não é de crer que aos da sua famiglia lhes agrade ver-nos, velhos e agonizantes, a morrer à sua porta.

II)
Vaidoso, Eduardo Catroga declarou-se a “escolha natural” para presidente do conselho geral e de supervisão da EDP. Acumulando a pensão dourada com o novo salário, passará a auferir mais de 50 mil euros mensais, que diz ser o seu “valor de mercado”.
Enquanto deixarmos, esta é uma escolha certa e segura do ponto de vista empresarial. Não pelas suas qualidades de gestor, mas unicamente pelo facto de que a empresa contará com os seus bons serviços para fazer verter na nossa factura de electricidade ou no Orçamento do Estado o salário de todos os catrogas e/ou os prejuízos que a sua acção possa acumular.

No i

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

10 respostas a O “valor de mercado” da hemodiálise

  1. peço ajuda aos talibans diz:

    AUMENTO DE 50% NO VALOR DO PASSE DO METRO EM LISBOA.
    http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=2240157

    TALIBANS: AJUDEM-NOS!!!
    por amor d’ Alá

  2. kirk diz:

    A pouca vergonha desta gente já chega ao cúmulo de alvitrarem soluçoes perfeitamente nazis para colmatarem as dificuldades de assistencia do SNS. Vindo de quem vem não admira, a senhora em tempos propôs a suspensão da democracia por seis meses. Mas se é esta a solução proposta pela velha nazi estamos conversados.
    Vou esperar pelos proximos dias para ver se uma sugestão no melhor estilo nacional-socialista dá mais “putedo” na imprensa que muitos assuntos de revista social, como acontece com os implantes mamários. Vou ficar á espera para ver se a velha nazi se retracta.
    K

  3. goldenshare diz:

    Um tiro nos cornos,ainda é pouco!

  4. a anarca diz:

    UNIR / PREPARAR/ LUTAR …

  5. JgMenos diz:

    Continua a onda de ruído…
    Onde estão as soluções?

  6. Simon diz:

    Do novo programinha da sic aguentei apenas a declaração inicial do dr. Balsas pela qual fiquei a “saber” que o grande obstáculo ao desenvolvimento do país é… a legislação laboral (What else?).
    Mais não vi, mas segundo me contaram o António Barrete também esteve em grande a propósito do racionamento da saúde (pública).

    São grandes senhores.

  7. Ah! Ah! Ah! diz:

    JgMenos ai vai a solução: de acordo com a «grande senhora» injecção letal a preço módico. A hemodiálise que se foda.

Os comentários estão fechados.