O prato do dia passou para 5 euros


Na imagem: Massa à lavrador, um dos mais usuais Pratos do Dia

No Café Chaplin, onde almoço sempre que o horário não me permite ir a casa, o prato do dia passou de 4,75 para 5 euros desde que o IVA da restauração aumentou para 23%.
Para os nossos leitores de Direita, menos familiarizados com isto do Prato do Dia por razões que facilmente se compreendem, passo a explicar o conceito: trata-se de um prato fixo com um preço fixo ao longo da semana. Na maior parte dos casos, há duas opções – peixe ou carne – mas é normal haver apenas uma opção ou até mais do que duas. Quanto ao preço, tanto pode englobar toda a refeição como apenas o prato propriamente dito.
No caso do Café Chaplin, o prato do dia engloba um prato de comida (entre 4 ou 5 opções disponíveis diariamente), a sopa, o pão, meio litro de vinho (e não é uma zurrapa qualquer) e café. Por razões óbvias, o proprietário viu-se obrigado a aumentar os preços, algo que não fazia há muito tempo porque, já se sabe, a concorrência é grande.
Os Diogos Leites Campos deste país não devem conceber a ideia de almoçar diariamente – e bem – por 5 euros. Por isso, também não perceberão que 25 cêntimos diários, nos dias que correm, é muito para um trabalhador. O mesmo que, doravante, passará a preparar a sua marmita com aquilo que sobrou do jantar da véspera.
Também por isso, há-de haver quem pegue na máquina de calcular para dizer que um aumento de 25 cêntimos é maior do que o aumento do IVA de 13 para 23%. E com razão. É um extorsionário, o dono do Chaplin…

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

17 respostas a O prato do dia passou para 5 euros

  1. ... diz:

    Não é, não. Com o aumento do IVA o intorsionário devia ter posto a coisa em 5,17 cêntimos.

  2. Feudjude diz:

    e NÃO +PASSAM fatura.Leve o comer de casa que pela amostra,não comia.da-se,tem mau aspeto.
    Temos é que tratar destas mentes geniais que governam mal,comó c****** mas,que se governam muito bem!

  3. Diogo diz:

    É o Café Chaplin, é a Loja Mozart… O Renascimento [alargado] está definitivamente na moda.

  4. Zebedeu Flautista diz:

    Fascista! Aqui o nano-micro-pequeno burguês do Flautista almoça 4 iogurtes de aromas ( sempre se tem a sensação que se pode variar não passando de uma ilusão contudo) do PD por 60 cêntimos.

    • Ricardo Santos Pinto diz:

      4 iogurtes de aromas? Nada mau. Tens de ter cuidado é com a flora intestinal.

    • Zuruspa diz:

      Esses do PD continuam a ser feitos em Portugal?

      Recomendo que em vez de iogurte se comam os “quarks”, porque parecendo que näo têm bués proteína e poucas calorias. Quando näo tenho mesmo tempo para mais almoço marcha um desses do Lidl (se o conseguir comer todo de enfiada).

      O que levou um colega a perguntar se eu andava a preparar-me para ir à musculaçäo. Eu “ahn???” e ele “sim, que isso é do melhor para ganhar músculo sem engordar”. Eu já tinha reparado que aquilo saciava durante bastante tempo (näo estou a brincar) mas olha, afinal havia razäo científica! 😀

  5. G_L diz:

    Almoça todos os dias a 5 euros? És rico…devias almoçar em casa, ou levar marmita.

    • Ricardo Santos Pinto diz:

      É, sou rico. E tu devias aprender a ler. «Onde almoço sempre que o horário não me permite ir a casa», foi o que eu escrevi. É incrível como os anos passam e tu continuas analfabeto. Não tive saudades, por favor não voltes.

    • RC diz:

      Tens computador com acesso à net para escreveres merda? És rico…

  6. Rui diz:

    Dez por cento de 4,75€ são 48 cêntimos. Se aumentou só 25 não está a “extorsionar”.
    No tasco onde almoço o prato do dia passou de 5 para 6€. Mas, coitado, não aumentava os preços desde 2004…

    • Zuruspa diz:

      Atençäo que o IVA aumentar 10 pontos percentuais (10p%) de 13 para 23% significa um aumento de apenas 8,85% no preço final!!!
      Logo o senhor do Chaplin poderia ter aumentado até 0,42€, näo o fazendo porque a concorrência é feroz e a clientela viu o seu rendimento diminuir pelo menos 25%. Por isso “extorsionador” é sarcasmo.

      O senhor do seu tasco é coitado porque pela minhas contas deveria ter subido para 6,38€, considerando inflaçäo anual de 2% nesse período, e a nova taxa de IVA para 2012. Isto no caso de passar facturas, pois de outro modo coitados säo os pategos que lhe paguem mais de 5,18€ (em 2004 seria 4,42€ EPAF).

  7. Von diz:

    Ricardo, gostei muito do seu post, principalmente por ser um retrato real. Só um reparo, há muitos dessa que chama direita, que almoçam também nesses moldes, ou então, a sopa e uma sandwich.

  8. JCm diz:

    deixa de beber o meio litro de zurrapa (queres ver que é bom, tipo o quê – alandra?) e pede para pagar menos 0,25 cêntimos.

  9. Ricardo Santos Pinto diz:

    Deixa tu. Eu cá prefiro pagar os 25 cêntimos.
    E não, é vinho à caneca, como deve ser nestes sitios.

Os comentários estão fechados.