Os ricos que paguem a crise que a dívida não é do Povo nem de Moscovo!

A dívida da Madeira, André Azevedo Alves, deve ser suspensa de imediato, à imagem da dívida do continente, e a factura entregue à clique do Alberto João Jardim ou, em caso de bancarrota da burguesia da Madeira, na São Caetano à Lapa. Não posso deixar de elogiar a caracterização que faz dos blogues à esquerda da AD: “Aguardemos então as manifestações de solidariedade por parte da esquerda caviarrevolucionária e/ou antiausteritarista…” embora adivinhe que o seu voto no concurso do Combate de Blogues tenha ido para os jugulares-corporativos.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 respostas a Os ricos que paguem a crise que a dívida não é do Povo nem de Moscovo!

  1. Gentleman diz:

    Nestas alturas convém lembrar que, a 5 de Fevereiro de 2010, PSD, CDS, BE e PCP aprovaram, com os votos contra do PS (em maioria relativa após as legislativas de Setembro de 2009), uma proposta de alteração à lei, na qual o limite do endividamento dos governos regionais deixava de ser fixado pelo Governo central.

    É importante que estas e muitas outras posições da nossa extrema-esquerda sejam recordadas para melhor compreendermos a sua responsabilidade no estado a que chegámos.

  2. a anarca diz:

    Conhece* ?!
    http://nowhereisland.org/

    * não li o post 🙂

  3. Pingback: Da “suspensão” da dívida aos amanhãs que cantam… « O Insurgente

Os comentários estão fechados.